12/11/2021 às 12h45min - Atualizada em 16/11/2021 às 00h00min

Sustentabilidade é competência necessária para conselheiros, defendem 63% dos entrevistados em estudo da Russel Reynolds

A pesquisa da Russell Reynolds identifica que líderes do Conselho de Administração desejam fazer progressos em relação à ESG visando principalmente o melhor desempenho financeiro e a reputação das empresas

SALA DA NOTÍCIA Sabrina dos Santos Pereira
Divulgação
SUSTENTABILIDADE É COMPETÊNCIA NECESSÁRIA PARA CONSELHEIROS, DEFENDEM 63% DOS ENTREVISTADOS EM ESTUDO DA RUSSELL REYNOLDS
 
Levantamento traz dez passos para orientar lideranças nas melhores práticas de ESG, tema considerado uma das principais responsabilidades de monitoramento do Conselho.
É fundamental existir uma relação colaborativa entre Conselhos e as equipes de gestão para o sucesso de longo prazo da agenda de ESG das empresas. A pesquisa O Papel do Conselho na Liderança Sustentável, realizada pela Russell Reynolds Associates em parceria com a Pacto Global das Nações Unidas, aponta que 63% das lideranças C-level ouvidas pelo estudo acreditam que sustentabilidade é uma competência necessária para Conselheiros e 77% a indicam também para executivos seniores. O monitoramento de ESG é uma das três principais responsabilidades do Conselho de Administração para 74% dos entrevistados nos Comitês de Nomeação.

“No Brasil, ainda não há uma cobrança dos stakeholders por uma mentalidade sustentável do Conselho, mas há uma corrida para adaptação às mudanças de ESG e as empresas estão começando a buscar gestores interessados em incorporar essas estratégias. Para que aconteça na prática, é preciso educar as lideranças sobre práticas sustentáveis e criar modelos de compensação para fazer da visão sustentável um fator essencial”, afirma Jacques Sarfatti, sócio da Russell Reynolds Associates no Brasil.

A pesquisa da Russell Reynolds identifica que líderes do Conselho de Administração desejam fazer progressos em relação à ESG visando principalmente o melhor desempenho financeiro e a reputação das empresas. ESG é uma agenda de responsabilidade do alto escalão porque não será possível obter lucro sem considerar os avanços nesse tema. As corporações não terão acesso ao capital, talento e confiança da marca sem prioridades avançadas e eficazes de sustentabilidade.

O estudo mostra também que, para ESG fazer parte do topo das prioridades das organizações, é essencial que as cadeiras de Conselhos sejam ocupadas por líderes de Sustentabilidade ou por conselheiros que tenham uma visão sustentável. Isto é, que acreditem que o negócio está vinculado diretamente à sociedade e à capacidade de alinhar todos os aspectos da gestão da organização com objetivos relacionados a uma agenda sustentável. Os executivos com essas características que participaram do levantamento são líderes que defenderam a visão sustentável, inovaram e impulsionaram mudanças reais para as estratégias e cultura das organizações. Todos tiveram em comum quatro atributos críticos:

- Ter capacidade de incorporar os sistemas organizacionais, sociais e ambientais, impulsionando decisões e ações que - transformam práticas sustentáveis em vantagens competitivas.
- Buscar ativamente entender os pontos de vista de stakeholders para incentivar as tomadas de decisões com todas as partes interessadas.
- Ter coragem de desafiar abordagens tradicionais, gerenciando burocracias para aumentar a inovação necessária e encontrar soluções que acrescentem rentabilidade.
- Estabelecer metas audaciosas e impulsionar ações e investimentos.

A Russell Reynolds analisa também que os compromissos com a agenda começam coletivamente no topo, com o CEO, e seguem nas demais classes executivas até alcançarem toda a organização. Segundo o estudo, sem o compromisso das altas lideranças, é improvável que a estratégia, as métricas-chave ou outras atividades corporativas essenciais sejam levadas em conta. Portanto, para orientar as organizações que querem se comprometer com melhores práticas de ESG, a consultoria criou dez passos para que conselheiros se engajem em torno das questões de Liderança, Cultura, Propósito, Estratégia & Alinhamento de Risco, Estrutura & Processo e Pessoas com o olhar sustentável.

Liderança do Conselho
Incorporar ESG em todas as discussões com o CEO e equipe executiva.
Engajar-se proativamente com stakeholders sobre sustentabilidade.
Cultura do Conselho
Estabelecer uma cultura comprometida em integrar ESG em tudo o que fazem.
Educar continuamente os diretores sobre práticas sustentáveis.
Propósito, Estratégia & Alinhamento de Risco
Integrar o tema com as tomadas de decisões da estratégia corporativa.
Definir metas e métricas claras de desempenho para acompanhar o progresso.
Estrutura & Processo
Estruturar o Conselho para que se engaje significativamente em questões de ESG.
Alterar modelos de compensação para alcançar as metas de ESG.
Pessoas
Fazer da visão sustentável um fator essencial para contratação de conselheiros.
Fazer da visão sustentável um requisito na contratação de CEOs.

Para analisar a perspectiva dos Conselhos, a Russell Reynolds ouviu mais de 130 diretores corporativos e executivos C-level em todo o mundo sobre como se envolvem com os desafios e oportunidades relacionadas à Sustentabilidade, como estruturam e operam para acompanhar as atividades relacionadas ao tema e como viabilizam as melhores práticas dentro das organizações. O estudo também ouviu outros 1,5 mil líderes corporativos para identificar práticas de recrutamento com o olhar de ESG.


Sobre a Russell Reynolds Associates
A Russell Reynolds é líder global em consultoria e busca de executivos. Com atuação junto a organizações públicas, privadas e sem fins lucrativos em mais de 26 países, a consultoria atua em todos os setores da economia. A Russel Reynolds apoia os clientes a construir equipes de líderes transformacionais que podem enfrentar os desafios de hoje e antecipar as tendências digitais, econômicas e políticas que estão remodelando o ambiente de negócios global. Desde ajudar os conselhos administrativos com sua estrutura, cultura e eficácia até identificar, avaliar e definir a melhor liderança para as organizações, a empresa traz 52 anos de experiência para apoiar os clientes na solução de seus problemas de liderança mais complexos. A Russel Reynolds existe para melhorar a forma como o mundo é liderado. Mais informações em www.russellreynolds.com.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.0%
1.7%
0%
0%
15.2%
1.7%
0.6%
33.5%
1.7%
3.7%
4.6%
2.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp