29/10/2021 às 12h02min - Atualizada em 01/11/2021 às 00h00min

Relatório aponta que eletrificação e hidrogênio verde são fundamentais para reduzir o aquecimento global

O Relatório Anual de Baixas Emissões da Statkraft salienta a importância de uma ação rápida e maior para desacelerar o aquecimento do planeta, e revela que o hidrogênio verde é fundamental para limitar as mudanças climáticas aos níveis estabelecidos no Acordo de Paris. As energias renováveis permanecem no centro desta estratégia

SALA DA NOTÍCIA Rodrigo Freitas
Divulgação
Anualmente, a Statkraft, empresa líder em energia hidrelétrica internacionalmente e a maior geradora de energia renovável da Europa, desenvolve um relatório internacional, que está em sua 6ª edição, o Statkraft Baixas Emissões – Cenário 2021 (em inglês Low Emissions Scenario).

O estudo destaca as tendências do mercado global de Energia e a análise é usada como base para os investimentos futuros da Statkraft. O relatório deste ano indica quatro tendências para o mercado de Energia, com destaque para a importância da eletrificação para a redução das emissões, e a necessidade de acelerar drasticamente a transição energética com o objetivo de diminuir o aquecimento global.

“O mundo foi chamado à luta, a trabalhar unido para diminuir o aquecimento de nosso planeta. É a missão de uma vida, e que irá definir a nossa geração. Com o mundo reabrindo lentamente, as emissões também estão retornando aos níveis pré-pandêmico, reforçando nossa crença de que o único caminho para a redução de 1,5 grau é por meio da transição energética”, enfatiza Christian Rynning-Tønnesen, CEO Global da Statkraft.

Investimentos verdes: o crescimento da energia renovável é irrefreável
·         Os investimentos verdes aumentaram em 2020, apesar da desaceleração econômica causada pela pandemia. Os investimentos em energia renovável foram 7% maiores em 2020 do que em 2019.
 
·         A energia renovável já é, na maioria dos lugares, mais barata do que os combustíveis fósseis ao investir em nova capacidade. As tecnologias solar e eólica superam as atuais usinas de carvão e gás em cada vez mais lugares.
 
·         Os custos estão em tendência de declínio. Em geral, por um euro investido em energia solar fotovoltaica e eólica hoje se obtém cerca de quatro vezes a produção em comparação há dez anos.
 
·         A capacidade de energia solar crescerá por um fator de 21, e a energia eólica por um fator de 7 até 2050. As energias solar e eólica fornecerão cerca de dois terços do sistema de energia global.
 
·         A demanda de energia mais do que dobrará até 2050 e todo este crescimento será coberto por energia renovável. A energia renovável fornecerá, aproximadamente, 80% do sistema de energia global em 2050.
 
Eletrificação: a eletrificação reduz as emissões local e globalmente
·         Eletrificação é a principal ferramenta para reduzir as emissões de CO². A participação da eletricidade na demanda energética global final mais que dobrará, atingindo 47% em 2050.
 
·         Usar formas mais eficientes de energia torna a energia mais ecológica. A eletricidade é mais eficaz do que as fontes de energia fóssil na maioria das aplicações. Por exemplo, para aquecer uma casa, uma bomba de calor precisa de apenas 1/3 da energia em comparação a uma caldeira a gás. O mesmo vale para veículos elétricos. Isso requer aproximadamente 1/3 da energia que os veículos fósseis requerem para percorrer a mesma distância.
 
·         As emissões serão eliminadas se a eletricidade for proveniente de fontes renováveis de energia. A produção de eletricidade a partir de um setor de Energia cada vez mais renovável é a chave para a descarbonização, no Cenário de Baixas Emissões.
 
·         O ano de 2020 foi um bom ano para veículos elétricos. As vendas globais de carros elétricos a bateria aumentaram 40%, mesmo que as vendas totais de carros tenham caído.
 
·         O cenário de baixas emissões estima que quase todos os novos veículos mais leves serão movidos a bateria, enquanto cerca de metade dos novos veículos mais pesados funcionarão com bateria ou hidrogênio em 2050, em todo o mundo.
 
De 2 graus para 1,5 grau:necessidade de aumentar drasticamente a transição
 
·         O efeito combinado de menores custos de energia renovável e políticas climáticas mais fortes resultará em emissões de carbono seguindo um caminho de 2 graus. Entretanto, parar o aquecimento global em 1,5 grau exigirá um aumento substancial nas ambições políticas e no ritmo da ação global. 
 
·         No ano de 2020 vimos um aumento recorde de energia solar e eólica, porém, precisamos instalar mais do que o dobro por ano até 2050 para limitar o aquecimento global a 2 graus.
 
 Hidrogênio verde: fortalecendo a corrida para chegar a zero
 
·         O hidrogênio verde é necessário para limitar as mudanças climáticas aos níveis estabelecidos no Acordo de Paris.
 
·         Os mercados regionais de hidrogênio e o armazenamento sazonal tornam-se cada vez mais atraentes com a maior variação do preço da energia.
 
·         O hidrogênio terá um papel significativo no sistema de energia de 2050. Em um dia de vento, eletrolisadores movidos a energia eólica podem produzir toneladas de hidrogênio verde. Eletrolisadores e armazenadores combinados podem fornecer à indústria um fluxo constante de hidrogênio verde.
 
·         Cerca de 10% da demanda global de energia virá da produção de hidrogênio verde em 2050 e mais de 20% da Europa, no Cenário de Baixas Emissões.
 
·         Os custos dos eletrolisadores caíram 60% nos últimos cinco anos. Espera-se que esse declínio continue devido ao aumento da automação, padronização e melhorias tecnológicas.
 
·         Esperamos que os custos de investimento para a produção de hidrogênio verde caiam mais 60% até 2050. Os custos decrescentes da energia renovável e dos eletrolisadores serão um caso de negócios cada vez mais atraentes para o hidrogênio verde.
 
·         A maior parte do hidrogênio verde irá para a indústria: para substituir a matéria-prima de hidrogênio existente e remover emissões em indústrias nas quais a eletrificação direta é impossível ou cara, por exemplo, na indústria do aço.
 
Para ler o relatório na íntegra, acesse https://www.statkraft.com/lowemissions
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.0%
1.7%
0%
0%
15.2%
1.7%
0.6%
33.5%
1.7%
3.7%
4.6%
2.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp