30/04/2021 às 17h40min - Atualizada em 30/04/2021 às 17h40min

Além da cheia, o banzeiro perturba moradores das margens do lago Pauxis | Portal Obidense

Defesa Civil de Óbidos recebe denúncia de moradores, um dos problemas, são com relação aos condutores de embarcações que provocam maresias fortes no Lago Pauxis

Por: Marcelo Luiz
Foto: Marcelo Henrique
ÓBIDOS - O período de cheia do Rio Amazonas é um fenômeno natural que ocorre durante o primeiro semestre do ano. Famílias ribeirinhas e até mesmo as que moram em regiões baixas da zona urbana sofrem em decorrência da água nessa época.

Vários moradores da zona urbana de Óbidos procuraram o setor da Defesa Civil para relatarem a preocupação sobre embarcações que ao trafegar em alta velocidade na região do lago Pauxis acabam provocando ondas fortes que abalam a estrutura das residências.

Na região amazônica, as ondas geradas pelas embarcações são conhecidas como maresia ou banzeiros, seus movimentas ao batem nos assoalhos das casas de terras alagadas, molham no interior da residência e muitas vezes arrancam as tabuas.

O agente da defesa civil Leonardo Corrêa fala sobre os relatos realizadas pelos moradores e pede a conscientização dos condutores de embarcações. "Nos últimos dias estamos recebendo algumas denúncias de moradores da região do lago Pauxis, onde eles estão se sentindo prejudicados com o trânsito das embarcações que usam o "laguinho" para tráfego. Por isso pedimos a esses condutores principalmente de lanchas que ao passar nessa mediação possam reduzir a velocidade para evitar a maresia." disse Leonardo Corrêa (Agente da defesa civil).

Ao total foram registradas (oito) denúncias dos moradores da região do lago Pauxis que estavam sendo prejudicados com o tráfego em alta velocidade de algumas embarcações.




Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp