02/04/2021 às 12h54min - Atualizada em 02/04/2021 às 12h54min

Jornalismo digital reduz abrangência de desertos de notícia | Portal Obidense

Desertos de notícia encolhem 5,9%, em 3.280 municípios. Veículos digitais são agora a segunda maior categoria no Brasil, atrás apenas de rádios. Identificado 1.170 novos veículos digitais

Por: Walmir Ferreira
Dados e Informações - Atlas da Noticias

BRASIL - O surgimento de pequenas iniciativas digitais no Brasil nos últimos anos ajudou a preencher espaços carentes de presença de jornalismo local, os chamados desertos de notícia, à medida que o número de veículos impressos encolheu significativamente, de acordo com o mais recente levantamento do Atlas da Notícia.

Todas as regiões registraram queda no total de desertos de notícias (-5,9% em municípios e -9,6% na população desses desertos) e, ao mesmo tempo, aumento no número de veículos digitais catalogados (+1.170 em todas as regiões combinadas), com destaque para o Nordeste.

Nos levantamentos anteriores, o Nordeste era a região com o maior número proporcional de desertos, levando em conta proporção sobre o total de municípios. No último levantamento, de 2019, 73,5% das cidades da região não tinham veículos catalogados na pesquisa. Agora, em 2021, esse percentual caiu para 66,3%, fazendo o Nordeste superar o Norte, onde 69,8% dos municípios são considerados desertos de notícia na classificação do Atlas da Notícia.

Além de sites de notícia, a partir de 2019 passaram a ser considerados na categoria digital também iniciativas nativas de redes sociais e blogs individuais de notícias — considerados veículos não tradicionais, mas que ajudam a informar comunidades com um baixo custo de operação e manutenção. Essa categoria representa um terço de todos os veículos digitais cadastrados no levantamento. No Nordeste, o percentual é ainda maior: 66%.



O Atlas da Notícia é a maior pesquisa nacional de dados abertos sobre o jornalismo brasileiro e chega, em 2021, à sua quarta edição. O levantamento, que conta com uma equipe de cinco pesquisadores regionais e cerca de 330 voluntários, ampliou em 10,6% o número de veículos jornalísticos registrados na base, chegando a um total de 13.092 iniciativas. A última edição foi publicada em dezembro de 2019.

Vale notar que, por possuir um acervo tão grande atualizado anualmente, mudanças nas composições de desertos de notícias podem demorar algum tempo para serem refletidas em nossas análises. Por conta da ausência de documentação, ainda é muito difícil identificar a data de criação e também de fechamento de muitos veículos, especialmente fora das grandes cidades. Dessa forma, mesmo com veículos criados e fechados há mais de um ano, só depois de validação é possível identificar reflexos desse cenário digital.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.4%
1.2%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.5%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp