17/02/2021 às 12h45min - Atualizada em 17/02/2021 às 12h45min

Dona de casa espera há três dias cirurgia para retirada de feto, morto no ventre | Portal Obidense

Mãe continua internada e família pede ajuda

Por: Elialdo Jr.

ORIXIMINÁ - A dona de casa, Identificada como Lucélia continua internada no Hospital Municipal de Oriximiná - HMO nesta semana.

Lucélia recebeu a pior notícia que os médicos poderiam dar. Que seu bebê não viria ao mundo com vida. O feto continua em seu ventre e o procedimento é arriscado.

Lucélia é casada. Reside com o marido e mais quatro crianças numa pequena casa, no complexo residencial "Tia Ana" localizado no bairro São Francisco, em Oriximiná.

Por conta da pandemia e do LOCKDOWN, o esposo de Lucélia não pôde mais sair para os 'bicos', já que está desempregado.

A perda do bebê causou uma tristeza irreparável na mãe, que aguarda, internada, uma complexa cirurgia para retirada do feto.

"Minha cunhada foi transferida pra Santarém, ao chegar lá mandaram ela de volta, quando ela chegou no hospital daqui (Oriximiná) o médico foi fazer os procedimentos para escutar a batida do coração do bebê e ele já estava morto." Disse Cirleane, cunhada.

Há três dias a paciente espera para ser operada. Enquanto a dor física e psicológica consomem a mãe, os outros quatro filhos começam a sentir outra dor, da fome.

A geladeira refrigera apenas garrafas pets com água e dois pacotes de biscoito. A garrafa térmica serviu chá, ao invés de café. Sem poder trabalhar, o marido de Lucélia pede ajuda para os filhos. A irmã Cirleane terá outra dura missão, levar as roupinhas ao Hospital para vestir o feto quando for retirado do útero da mãe. Uma triste realidade que pode ser amenizada ao ajudar às quatro crianças que estão com o pai.

Contato para doações: (93) 9.9242-9429 (Cirleane)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp