02/02/2021 às 18h21min - Atualizada em 02/02/2021 às 18h21min

Capacete Elmo será usado em pacientes com covid-19 nos hospitais do Amazonas | Portal Obidense

O treinamento encerrará na sexta-feira (05/02), tornando os servidores aptos para utilização do aparelho em pacientes com quadro leve e moderado da Covid-19.

Fonte Governos do Estado do Amazonas e Ceará
Foto: Divulgação
AMAZONAS - Servidores da área da saúde de dez unidades hospitalares do Governo do Estado estão sendo capacitados, em grupos, desde a segunda-feira (1º/02) para o manuseio do Capacete Elmo, que é um equipamento de respiração assistida. O treinamento encerrará na sexta-feira (05/02), tornando os servidores aptos para utilização do aparelho em pacientes com quadro leve e moderado da Covid-19. Ao todo, 65 unidades do Elmo foram doadas pelo Governo do Ceará ao Amazonas.

As pessoas tratadas com o Elmo para fins da pesquisa tinham entre 37 e 76 anos e possuíam comorbidades. O estudo para avaliação dos pacientes ocorreu nos últimos cinco meses no Hospital Leonardo da Vinci (HLV), unidade requisitada pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) durante a pandemia. Com os testes, foi possível validar as funcionalidades e usabilidade do capacete, bem como sua eficácia no tratamento de insuficiência respiratória causada pelo coronavírus.

“Os pacientes melhoraram a oxigenação e tiveram evolução clínica. Esperávamos que metade dos pacientes se beneficiassem, mas foi acima do esperado. E não eram casos leves, todos utilizavam doses altas de oxigênio. Estavam numa situação limítrofe, com risco de internação em leitos de UTI, e melhoraram relativamente rápido”, afirma Marcelo Alcantara superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará e idealizador do equipamento.
 
Funcionamento 

Acomodado ao pescoço do paciente, o Elmo permite ofertar oxigênio a uma pressão definida ao redor da face, sem necessidade de intubação. Dessa forma, a pessoa consegue respirar com auxílio da pressurização e oferta de oxigênio. O sistema possibilita, portanto, a melhora na respiração e pode ser utilizado fora de leitos de UTI.

O equipamento pode ser desinfectado e reutilizado. Outro benefício é o custo inferior em relação aos respiradores mecânicos e a maior segurança para os profissionais de saúde, já que, por ser vedado, não permite a proliferação de partículas de vírus.

Além disso, o equipamento será um legado da pandemia para a saúde e pode tratar outras enfermidades que comprometem o funcionamento dos pulmões, como pneumonia e H1N1. Se o Elmo era o nome do capacete que garantia a proteção dos guerreiros medievais, nos tempos atuais irá proteger e preservar a vida de pacientes na batalha contra a Covid-19.

Unidades – O diretor administrativo do Instituto da Mulher no Amazonas, Gilberson Barbosa, destaca que entre os profissionais que estão sendo capacitados há médicos, enfermeiros e fisioterapeutas. Segundo ele, essa tecnologia será importante para melhorar a assistência.
Passarão pelo treinamento ao longo desta semana profissionais do Hospital e Pronto-socorro (HPS) 28 de Agosto; HPS Delphina Aziz; HPS João Lúcio; HPS Platão Araújo; Hospital Nilton Lins; Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV); Instituto da Mulher Dona Lindu; Maternidade Ana Braga; Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD); e Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon).

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp