15/01/2021 às 11h50min - Atualizada em 15/01/2021 às 11h50min

Em Curuá, enfermeiro Marcos fala a real situação do município em relação a Covid-19 | Portal Obidense

Marcos é responsável da Vigilância Sanitária em Curuá, pede a população que sigam os procedimentos que os casos estão aumentando no município

Por: Josimar Santos
Marcos - Vigilância Sanitária - Curuá | Foto: Josimar Santos
ÓBIDOS - A relação de passageiros entre os municípios aumenta ainda, mais os casos confirmados, nesse período de inverno amazônico na região norte, começam naturalmente aparece casos de síndrome gripal. Isso começa a dificultar os trabalhos dos profissionais da saúde, desde o período Natalino, Ano Novo só vem aumentando as notificações de pessoas com possível infecção da doença e algumas em estado grave. O município se encontra com pacientes em condição de regulação.

Devido ao município não ter estrutura hospitalar. Existem casos que os profissionais não conseguem, regular o sistema respiratória dos pacientes internado no Centro de Saúde De Almir Gabriel.

Os hospitais regionais como. UPA do município de Santarém, estão lotadas até mesmo impedindo de receber pacientes de outros municípios. Informou o Enfermeiro Marcos Responsável pela Vigilância sanitária.

Veja a entrevista no ao vivo



 
Ele faz apelo ao munícipe de CURUA para que todos que fiquem em Casa, só sair se realmente necessário, ele avisa também aos comerciantes que haverá uma fiscalização no município para ver se eles estão expondo e disponibilizando a sociedade produtos como Álcool em Gel ou Álcool 70%.

“Aviso as pessoas que estão sentido os sintomas, caso for necessário a internação não traga acompanhando só se for caso em crianças” Alertou o enfermeiro Marcos.

O município de Curuá ainda não atualizou o boletim informativo dos novos casos de pessoas infectadas.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp