31/03/2016 às 16h00min - Atualizada em 31/03/2016 às 16h00min

Diocese de Óbidos sedia encontro regional da Cáritas Brasileira

O encontro que reúne representantes de oito Dioceses, está discutindo o fortalecimento da rede de proteção das crianças e adolescentes.

Foto: Wendel Menezes

ÓBIDOS – Representantes da Rede Cáritas Brasileira de oito Dioceses do Regional Norte I e II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), estão reunidos em Óbidos, no oeste do Pará, desde o início da semana. O encontro está servindo para compartilhar as experiências dos trabalhos que são desenvolvidos pela entidade com a infância, adolescência e juventude, pela Igreja Católica no norte do Brasil.

O intercambio denominado troca de saberes, está permitindo analisar a conjuntura do sistema de garantia dos direitos da criança e do adolescentes; do sistema de segurança, e saber como tem sido a atuação da rede de proteção das crianças e adolescentes nas dioceses que estão participando da reunião.

Além dos agentes da Cáritas, participam do evento representantes de instituições locais ligadas a rede de proteção das crianças e adolescentes, que tem colaborado com a troca das experiências vivenciadas em Óbidos nos últimos anos. “O encontro vai gerar uma carta, que será chamada a carta de Óbidos, com a representação de todas as Cáritas da região norte, pra que posteriormente a gente possa

encaminhar para instituições tanto públicas quanto privadas que também tem a ver com o que a gente está discutindo aqui. Vamos elaborar um relatório que também será encaminhado para as instituições”, ressaltou Keila Marrães, coordenadora da Cáritas do Regional Norte II.

A escolha da Diocese de Óbidos para sediar o evento faz parte de uma iniciativa da Cáritas de descentralizar as suas ações e reforçar o trabalho da entidade nos lugares mais afastados dos grandes centros urbanos. Os trabalhos desenvolvidos pela igreja local junto as crianças e adolescentes também foram decisivos. “Levamos em conta os trabalhos de base que a igreja de Óbidos vem fazendo. Trazer esse encontro para cá, também foi uma maneira de incentivar e reconhecer o trabalho da Cáritas de Óbidos”, destacou Keila.

Para a representante da Comissão de Justiça e Paz do Regional Norte II da CNBB, Marie Henriqueta Ferreira, é preciso levar a discussão da garantia dos direitos das crianças e adolescentes para todos os lugares e cobrar o envolvimento maior dos governos no combate ao abuso, exploração e tráfico de menores. “Nós precisamos manter sempre a preocupação quando o assunto for esse que nos trouxe aqui. Só para se ter uma ideia, as informações de violações dos direitos das crianças e adolescentes nessa região são preocupantes. A comissão de justiça e paz da CNBB é contrária a redução da maioridade penal e a favor da efetivação de políticas públicas que combatam esse mal”, destacou Henriqueta.  


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp