07/12/2018 às 13h43min - Atualizada em 07/12/2018 às 13h43min

Mais de 400 servidores púbicos de Óbidos, decidiram nesta sexta-feira (07) em assembleia, entrar em greve no setor de educação

A paralização inicia a partir de segunda-feira (10) entre os assuntos discutido, está a de caso não seja resolvido a questão salarial, os servidores poderão organizar uma ocupação na dependência da prefeitura

Por: Elton Pereire
Foto: Elton Pereira
ÓBIDOS - Os constantes atrasos salariais e a inércia do município em buscar soluções dando uma resposta imediata que pudessem resolver a situação financeira e salarial dos trabalhadores públicos de Óbidos, fizeram com que a classe sindical dos servidores públicos municipais aprovassem por unanimidade a greve em assembleia geral realizada na manhã desta sexta-feira (07) na sede do sindicato.

O Portal Obidense transmitiu ao vivo – CLICK AQUI e assista

Na oportunidade foram ouvidos vários relatos com depoimentos de servidores que estão sem receber ainda o mês de agosto, para a direção do sindicato essa situação era desconhecida. A maior interrogação e discussão na assembleia estava relacionadas a referência do pagamento efetuado a cerca de 40% dos profissionais efetivos que trabalham na área da educação, isso por que no contra chegue de alguns o pagamento estava relacionada ao mês de novembro, no entanto não houve desconto bancário para os servidores que tem empréstimos consignados.

Teve servidores que buscaram a agência bancaria para saber o porquê de não haver o desconto, os mesmo foram informados que o valor nas contas se tratava do 13º salário, desta forma a assembleia entendeu que o repasse de fato era referente ao 13º e que assim o governo continuava pendente com o mês de novembro.

A maioria da plenária se mostrou também bastante solícita com o caso envolvendo os 41 servidores contratados que já trabalharam e o município informou que não deverá pagar pois, não estão regularizados com suas documentações.

Com a greve aprovada, os servidores deverão se reunir novamente na segunda feira (10), para discutir de qual forma os mesmos deverão agir, se a greve será apenas a paralisação com passeatas de manifestação nas ruas ou se será adotado outra forma de pressionar o governo a cumprir com seu dever, o fato é que não foi descartado pela plenária a possibilidade de mais uma vez os manifestantes ocuparem o prédio da prefeitura municipal de Óbidos, assim como já ocorreu no governo do prefeito Mario Henrique.

Vale lembrar que o ano letivo vai até o dia (14) de dezembro após a redução, essa última semana em que as aulas serão interrompidas por conta da greve, devem ser repostas para o cumprimento do ano letivo dos alunos.

*Contato - O Portal Obidense, equipe de Óbidos tem um novo número de Whatzapp, para entrar em contato pode enviar mensagem a qualquer hora para o número (93)9 9197-6588*


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.0%
1.7%
0%
0%
15.2%
1.7%
0.6%
33.5%
1.7%
3.7%
4.6%
2.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp