16/01/2016 às 20h47min - Atualizada em 16/01/2016 às 20h47min

Empresa Tomas Som será responsável pela montagem da estrutura do Carnapauxis 2016

O processo licitatório teve início na manhã do dia 5 de janeiro no setor de licitação da Prefeitura de Óbidos e após impetração de recurso a analise dos envelopes foi realizada na manhã desta sexta-feira

Martha Costa
PMO - ASCOM

ÓBIDOS - Desde o último dia 5 de janeiro a Prefeitura Municipal de Óbidos (PMO), por meio da Comissão Permanente de Licitação (CPL), realiza procedimento licitatório para definir a contratação de uma empresa especializada em montagem de estrutura (sonorização, palco, iluminação, camarotes, segurança, show pirotécnico, banheiros químicos) do Carnapauxis 2016. Participaram da licitação as empresas Paulinho Produções e Execuções Musicais LTDA-ME, Tomas Som & Almeida Serviços LTDA-ME e JTR Pontes EPP.

A abertura dos envelopes com as propostas das empresas credenciadas e habilitadas no certame foi retomado na manhã desta sexta-feira, 15 de janeiro, onde foi observado valores e itens do edital do processo licitatório nº 7 (sete) que tem como modalidade a tomada de preços.  “Hoje teve andamento na segunda parte da licitação, em que abrimos as propostas e todos os requisitos e abrimos também prazo para as empresas presentes verificarem e questionarem e após a analise deles nos reunimos em uma sala e daí demos o resultado final que foi a classificação da empresa Tomas Som”, informou o presidente da CPL Heranildo Mouzinho.

Durante analise da CPL foi constatado que a empresa JTR Pontes possuía erros nos cálculos dos itens, o que influencia no valor global da proposta, bem como ausência dos itens: segurança, show pirotécnico e banheiros químicos, o que ultrapassaria o percentual de 25% da subcontratação autorizado por lei e previsto no edital. “Com relação aos preços nós verificamos que a da Pro-Show (JTR Pontes) estava baixo, logo em seguida era a empresa Tomas Som e em terceiro o Paulinho Produções, mas nós não podemos analisar só o preço, tem toda uma serie de itens como a contratação e durante este processo foi constatado que a Tomas Som é a vencedora da licitação”, finalizou.

O valor das propostas apresentadas em envelopes lacrados e abertos durante o certame foi de: Paulinho Produções, R$ 596.130,00; Tomas Som, R$ 420.260,00 e JTR Pontes R$ 350.163,05, sendo que a mesma foi desclassificada por estar em desacordo com as instruções do edital, no que se refere à oferta de vantagens relacionado ao item 1.24. O resultado final da licitação foi vencedor do certame empresa Tomas Som & Almeida Serviços LTDA ME e segundo colocado a empresa Paulinho Produções e Execuções Musicais LTDA ME.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp