13/03/2018 às 20h19min - Atualizada em 13/03/2018 às 20h19min

Promotora de Oriximiná, representa pela prisão preventiva, que foi deferida pelo juiz, por acusação de estupro que foi cumprido nesta terça-feira (13).

Por Márcio Garcia
Foto: Polícia de Oriximiná

ORIXIMINÁ – Um caso que estava sendo acompanhando pelo MP, resultou na expedição de um mandando de prisão preventiva na semana passada pela promotora de justiça de Oriximiná Naiara Negrão.

Após a polícia efetuar diligência durante a semana, mas sem sucesso. O mandado foi cumprido nesta terça-feira (13) pelo delegado Luciano Faria, pois o procurado foi até a delegacia para saber do que se tratava.

O delegado Luciano Faria em entrevista falou sobre a prisão de Denilvaldo Sousa Moreira.

“Recebemos o mandado de prisão preventiva na semana passada, tentamos localizar o acusado, mas tivemos informações que estaria para a colônia na extração de castanha e que estaria em Oriximiná nessa semana, ele veio hoje aqui na delegacia para saber do que se tratava e foi dado o cumprimento no mandado de prisão”.

O delegado Luciano não quis se manifestar em relação aos detalhes do mandados por ser uma ação do Ministério Público. Mas Denivaldo Sousa Moreira é acusado de ter estuprado sua enteada a mais de um ano quando ela tinha 13 anos de idade. Ela engravidou e a pedido do Ministério Público foi feito os procedimento para exame de DNA que foi realizado em Santarém – PA, onde deu positivo atestando que ele Denivaldo Sousa Moreira é o pai da filha de sua enteada que hoje tem 1 ano e 4 meses.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp