17/10/2017 às 17h37min - Atualizada em 17/10/2017 às 17h37min

Após a vazante do rio amazonas, o solo fica fértil e muitos agricultores e ribeirinhos começam a colher suas melancias para venda na feira da cidade

Por: Elialdo Junior
Fotos: Elialdo Junior

ÓBIDOS - A época de vazante na região amazônica provoca uma mudança extremamente radical na área rural. O verão na Amazônia transforma não só o território, que de alagado durante a cheia torna-se seco e quebradiço durante a vazante.

Mesmo assim, o morador da região de várzea colhe bons frutos da mudança climática na região. Com a descida das águas, o solo fica fértil e quem planta vai colher com certeza.

Se na cheia há fartura em peixes, no verão a produção de frutíferas ajuda a aquecer a economia das famílias ribeirinhas.

Encontramos vários produtores de diversas localidades na Feira do Produtor Rural de Óbidos - Começam a escoar a produção de suas comunidades. Da Vila Barbosa, área de várzea localizada na margem direita do rio Amazonas, próximo à sede da cidade de Óbidos, produtos como melancia chegam para venda.

O preço ainda está em alta. Cada melancia, com pouco mais de 60 centímetros custa 10 reais. Em breve esse valor vai diminuir, uma tendência da oferta e da procura.

Aos poucos a produção começa a dar resultado e os agricultores acreditam que a tendência dos preços é cair com a maior demanda. Mas, já há quem busque o produto mesmo agora. A melancia é um dos frutos bastante apreciados na mesa do paraense.

Quem vai abrir mão de uma boa e apetitosa melancia geladinha nesse calor do verão amazônico?


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp