25/09/2017 às 10h52min - Atualizada em 25/09/2017 às 10h52min

Não só pela beleza e aroma, mas também como terapia, cultivar flores alia o prazer com a rentabilidade

Por: Elialdo Junior
Fotos: Elialdo Junior

ÓBIDOS - O comércio de flores vem em crescente em várias regiões do País. Um produto que além de causar boa impressão logo de primeira serve para várias ocasiões. Para celebrações, casamentos, encontros românticos e até para despedidas fúnebres.

Na cidade de Óbidos, Oeste do Estado, Ismara Cristina Israel desenvolve um trabalho que além de lhe dar renda financeira, lhe garante muito prazer. Pois, a obidense trabalha com floricultura. Uma área ainda pouco praticada e comercializada no município pauxiara.

Quando criança, Ismara sempre observava sua mãe no cultivo e trabalho com plantas. Aos poucos foi gostando do que via. Mas, a paixão pelos vegetais só aflorou quando sua mãe retorno de uma longa viagem e lhe trouxe de presente uma flor denominada "Rosa do Deserto." Foi amor à primeira vista, pena que as duas se separaram de forma surpreendente.

"Fiquei encantada com tanta beleza mais infelizmente um dia entraram na minha casa e a roubaram”. Contou emocionada Ismara.

"Foi então que através de uma amiga chamada Rosa que comecei novamente a cultivar. Hoje tenho uma grande variedade delas”. Disse Ismara Cristina Tavares da Silva, 28, casada e mãe de um filho, técnica em Enfermagem.

Ismara faz enxertos para revenda. Ou seja, o enxerto nas plantas serve para agilizar o florescimento, para termos várias cores da Rosa do Deserto em uma única planta. Existem dois tipos de enxerto;

- O de pressão e o que alguns fazem que se utiliza cola.

"Eu trabalho com enxerto de pressão. Pegamos uma planta simples que chamamos de cavalos, fazemos a poda radical para escolher o melhor tronco onde receberá o enxerto. Escolhemos uma planta selecionada (nesse caso são plantas mais difíceis de se encontrar com flores dobradas triplas. Fazemos a poda dessa planta e utilizaremos os galhos das mesmas". Explica Ismara.

Há outras técnicas como a polinização. Bonsais e mudas. Além disso, Ismara compra plantas de outras cidades.

A principal produção é o cultivo da Rosa do Deserto e Cactos importados. Porém, em sua residência, localizada no Bairro Lourdes em Óbidos é possível encontrar Roseiras, Palmeiras, Petunias, Violetas, Tuia Holandesa, Belas Emilias, Azaleias e muito mais.

Interessados é só entrar em contato pelo telefone: 93991028524

Ou através do link no grupo de Whatsapp:

 https://chat.whatsapp.com/8ErvlzGNJ58IiYbapSakjd


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp