22/09/2017 às 22h37min - Atualizada em 22/09/2017 às 22h37min

Juíza da comarca de Oriximiná decreta prisão preventiva de advogado acusado de ter espancado a esposa na quinta-feira

Ultima atualização: 230917 08:06
Por: Márcio Garcia
Fotos: Márcio Garcia

ORIXIMINÁ – A juíza Célia Gadotte que responde pela comarca de Oriximiná, bastante conhecida por levantar a bandeira de combate ao crime doméstico, entre suas atividades está o de orientação as mulheres que são vítimas de abusos diversos.

Em sua agenda de serviços prestados a comunidade está as várias palestras de orientação as vítimas de como proceder em casos de sofrerem violências em casa ou até mesmo no trabalho, mas principalmente sobre a lei Maria da Penha.

Um caso que deixou a população de Oriximiná revoltada, aconteceu na quinta-feira (21), onde o advogado Auberto Sarubi, foi denunciado pela esposa que informou a polícia ter sido espancada pelo advogado.

A Juíza em entrevista ao nosso correspondente Márcio Garcia, disse que: “As agressões, foram fortes, um caso gravíssimo, não só no caso dele, mas em qualquer tipo de agressão física, que deixe marcas... que violente a mulher de qualquer forma, a integridade física, psicológica, devemos condenar e nós vamos continuar combatendo esse tipo de agressão dos homens contra as mulheres nós não podemos mais aceitar que isso seja feito”

A juíza Célia Gadotte, em suas palestras faz uma espécie de orientação a mulher, que ela precisa tomar coragem e parar de ficar em casa apanhando achando que não tem saída. Ela alerta, que a mulher tem saída, tanto o emocional que ela pode melhorar, assim que ela se afastar desse homem, pois enquanto ela tiver ligada a ele, ela sempre será uma mulher submissa, dominado e não terá espaço para ser feliz, não terá espaço para viver e ser ela mesmo. Por isso ela deve ter atitude, ter coragem, irem nas delegacias, fazer as ocorrências e relatar as agressões que ela tem sofrido.

Os casos de agressão contra a mulher na cidade de Oriximiná vem aumentando, tornando necessário a implantação de uma delegacia especializada para atender as mulheres vítimas de agressão.

A juíza é questionada sobre a suposta agressão especifica do advogado contra a esposa e ela é firme ao dizer: “A forma a qual nós atuamos sempre é que não importa qual seja o suposto agressor, não importa se este suposto agressor é intelectual ou não, se ele é da classe baixa ou da classe alta, não importa... o que importa é a vida desta mulher, o que importa é nós defendermos os diretos da vítima, nós não podemos deixar que isso aconteça, seja lá quem for. O que a comunidade tem que entender é que no momento e neste caso a situação, não se definiu ainda e não deixaremos de agir”.

No final da tarde desta sexta-feira a juíza, decretou a prisão do Advogado Dr. Auberto Sarubi, que por ter nível superior, a polícia informou que o mesmo ficará custodiado em um dos alojamentos da Unidade Integrada da Polícia de Oriximiná.

As informações também já foram remetidas ao Ministério Público, várias medidas de restrições poderão ser imputadas ao acusado, pois nesse crime, caberá a Juíza que já demostrou a gravide dos fatos determinar o que será feito com o acusado.

  


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp