31/08/2017 às 12h56min - Atualizada em 31/08/2017 às 12h56min

Óbidos assina manifestação de interesse e se torna integrante do programa Municípios Sustentáveis

A ação do governo do Pará visa estreitar a relação entre o governo do Estado e as gestões municipais.

Por: ASCOM-PMO/ com informações da Ag. Pará
Foto: Divulgação/ Ag. Pará

ÓBIDOS - A adesão de prefeituras ao Programa Municípios Sustentáveis marcou na tarde da quarta-feira (30) o 2º Fórum Permanente de Prefeitas e Prefeitos, no Hangar - Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. Oito prefeitos assinaram a manifestação de interesse de participar das ações, que objetivam estreitar a relação entre o governo do Estado e as gestões municipais, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento em todas as regiões do Pará. O evento prossegue até quinta-feira (31), com palestras, oficinas, lançamento de editais e assinatura de convênios.

Os municípios que manifestaram interesse são Bonito, Juruti, Monte Alegre, Óbidos, Piçarra, Santa Maria das Barreiras, Santo Antônio do Tauá e São João do Araguaia. Mais adesões são esperadas para o último dia do fórum. Segundo a secretária Extraordinária de Estado dos Municípios Sustentáveis, Izabela Jatene, a finalidade é identificar as prioridades de cada cidade e atender as demandas mais urgentes, sejam elas nas áreas de educação, saneamento ou infraestrutura. Até o momento, 119 gestores municipais manifestaram interesse em aderir ao programa.

Desde o primeiro fórum, em abril deste ano, as necessidades mais urgentes já começaram a ser identificadas. Nesta edição do encontro foi intensificado o diálogo. “A agenda construída de maneira pactuada com os municípios vem se fortalecendo cada vez mais. A Secretaria de Municípios Sustentáveis foi criada para ampliar esse diálogo com as gestões e fazer avançar projetos que, por exemplo, possam estar parados por falta de recursos. Tudo dentro de uma gestão fiscal responsável e respeitando os preceitos de sustentabilidade”, disse Izabela Jatene.

Mais possibilidades - O governador Simão Jatene assinou a manifestação de interesse ao lado dos prefeitos, e afirmou que com o Programa Municípios Sustentáveis se redesenha a relação entre Estado e municípios, abrindo mais possibilidades de equacionar problemas. “É um programa de investimentos que surge para responder a determinadas demandas. Vamos juntos discutir projetos importantes e discutir o que cada um pode fazer. Aquela escola que está inacabada pode receber aporte de recursos do Estado, por exemplo, para que a obra seja concluída. A contrapartida é a gestão fiscal responsável e o uso de práticas ambientais sustentáveis”, acrescentou o governador.

Para o prefeito de Óbidos, Francisco Alfaia (PR), a iniciativa do governo do Estado é importante para garantir que os municípios se desenvolvam e possam prestar melhores serviços à população. “Com a aproximação do Estado com as prefeituras, mais demandas poderão ser atendidas, sem contar que o programa também faz com que muitos programas governamentais que hoje não chegam às regiões estejam cada vez mais presentes”, disse o prefeito. Em Óbidos (município do oeste paraense), as prioridades são asfalto – a principal demanda apontada pelos prefeitos –, terminal hidroviário, reforma das escolas municipalizadas, conclusão do mercado de peixe e as obras no Forte Pauxis, no Forte General Gurjão e no antigo Quartel do Exército.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp