25/08/2017 às 20h42min - Atualizada em 25/08/2017 às 20h42min

LDO entra com recurso na ADLOP contra irregularidades na seleção de Almeirim e apresenta documentos comprobatórios de sua denúncia.

A competição foi paralisada. Julgamento será na segunda-feira (28), às 10 horas e será acompanhado pelo preposto e corpo jurídico da Liga de Óbidos.

Por: Augusto Garcez
Foto: Eury Silva

ÓBIDOS - A Copa Oeste teve a primeira partida da final dos federados marcada para sábado (26), em Almeirim, cancelada devido a um recurso da diretoria da LDO (Liga Desportiva Obidense), na última quarta-feira (23).

Depois de a ADLOP ter cancelado a partida final da competição entre federados, por uso de jogadores em situação irregular por parte da equipe de Almeirim, durante a competição, agora a expectativa em Óbidos está no julgamento que acontecerá na próxima segunda-feira. 

A diretoria da LDO alega que Almeirim usou cinco jogadores em situação irregular nas partidas da copa, inclusive contra Óbidos na semifinal. Na ocasião, a seleção de Almeirim eliminou Óbidos após dois empates no tempo normal, vencendo nas penalidades por 4 a 3.

O resultado levou Almeirim a final dos federados contra Monte Alegre. Se Almeirim for excluída da competição, adivinha quem herda a vaga? A seleção obidense, é claro!

O julgamento do recurso será na próxima segunda-feira (28), pela junta disciplinar da copa oeste, na ADLOP. O presidente da LDO, Éder Trindade acompanhará o julgamento junto com um advogado, que estará defendendo os interesses da seleção obidense.

Após direção da LDO entrar com recurso na ADLOP, pedindo a exclusão de Almeirim e divulgação da nota de esclarecimento por parte da ADLOP, o assunto mais comentado em Óbidos era o retorno da seleção à copa. A expectativa do Obidense sobre o retorno era muita.

Veja nota da ADLOP abaixo:

Informação da ADLOP

COPA OESTE DO PARÁ DE SELEÇÕES 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Quarta-feira, 23/08/2017

Comunico a todos que a seleção de Óbidos entrou com recurso nesta quarta-feira, por este motivo foi cancelado a rodada que estava marcado para este final de semana pela chave A.

Obs: Presidente Edirlúcio Marialva estará encaminhando a junta disciplinar da copa oeste do Pará, onde a junta irá julgar o processo visto que existe denúncias de várias irregularidades.

Informações: Edirlúcio Marialva (Presidente da ADLOP).

Post: Edinaldo Silva (Assessoria de comunicação da ADLOP).

Entenda o caso

O recurso impetrado pela LDO, na ADLOP, tem base em cinco irregularidades cometidas pela direção da seleção de Almeirim na copa oeste deste ano.

Éder Trindade informou em entrevista, os cinco atletas irregulares, e suas irregularidades. Vejam quais são:

1ª – Kaleb dos Santos Cardoso – Este atleta atuou por Santarém na copa oeste de 2016, portanto, para que pudesse atuar por Almeirim em 2017, havia a necessidade de transferência do atleta, antes do início da competição. Ele participou dos jogos contra Prainha, Monte Alegre, Santarém e a primeira partida contra Óbidos. Na partida de Almeirim em Óbidos, Kaleb ficou no banco, não participou do jogo, mas assinou a súmula. Caso parecido aconteceu com o atacante obidense Belo, ele jogou a copa oeste de 2016 por Juruti, em 2017 defende Óbidos, mas a transferência do atleta foi solicitada e expedida, deixando o mesmo apto para defender a seleção obidense.

2ª – Haif dos Santos Cambui – Atleta profissional com reversão a categoria amadora expedida pela FPF (Federação Paraense de Futebol) somente em 17/08/2017. Dois dias antes da segunda partida contra Óbidos. Como mostra documento anexo.

3ª – Landerlon Carvalho de Moraes - Atleta profissional com reversão a categoria amadora expedida pela FPF (Federação Paraense de Futebol) somente em 17/08/2017. Dois dias antes da segunda partida contra Óbidos. Como mostra documento anexo.

4ª – Wildeivid de Oliveira Tales - Atleta profissional com reversão a categoria amadora expedida pela FPF (Federação Paraense de Futebol) somente em 17/08/2017. Dois dias antes da segunda partida contra Óbidos. Como mostra documento anexo.

5ª – Wanderson do Socorro Gomes Silva - Atleta profissional com reversão a categoria amadora expedida pela FPF (Federação Paraense de Futebol) somente em 17/08/2017. Dois dias antes da segunda partida contra Óbidos.

Como mostra documento anexo.

Click AQUI e veja Sumula Campeonato Paraense

O presidente da LDO, Éder Trindade, falou que se o recurso impetrado for indeferido pela junta disciplinar, a LDO tomará outras providências, como: Entrar com mandado de segurança e uma ação na justiça. Além do recurso, Éder Trindade também ingressará com ação contra os atletas profissionais na FPF, pois reconhece má fé dos atletas e comissão técnica de Almeirim, ao não considerarem o regulamento e não respeitarem os adversários e suas despesas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp