01/08/2017 às 12h21min - Atualizada em 01/08/2017 às 12h21min

Polícia Civil de Óbidos cumpre mandado de prisão de Advogado suspeito de homicídio e ocultação de cadáver.

O advogado era foragido de Tocantins, morava em Oriximiná e estava exercendo a profissão normalmente. Mandado de prisão foi expedido em setembro de 2016.

Por: Márcio Garcia
Foto: Arquivo Portal: Delegado Thiago Mendes

ÓBIDOS – No início da noite de segunda-feira (31) a polícia Civil de Óbidos, no comando do delegado titular Thiago Mendes, cumpriu o mandado de prisão preventiva nº 1421-49.2015.8.27.2725.0001 em desfavor do advogado Joaquim De Souza Simoes Neto, exarado pela comarca de Miracema do Tocantins/TO, por crime de homicídio.

As informações repassadas era que o foragido, estava atuando nos municípios de Óbidos e Oriximiná, onde morava a 3 anos. Exercendo normalmente a profissão de advogado. O que chamou a atenção dos agentes de órgão de segurança pública.

Nosso corresponde Marcio Garcia, conversou por telefone com o delegado Thiago Mendes da delegacia de Óbidos que disse: “A denúncia foi realizada pelo Núcleo de Investigação do Tocantins, que repassou as informações, após receber a denúncia e confirmar a presença do suspeito em Óbidos, fizemos a pesquisa no Banco Nacional de Mandados de Prisão, onde conseguimos atestar a validade do mandado contra Joaquim De Souza Simões Neto,  Já sabíamos as características, inclusive o carro que ele se encontrava. Por volta das 19h:24h, ele foi localizado em frente à Praça da Cultura – Sesquicentenário, bairro Centro, então a partir daí, fizemos a abordagem, a revista pessoal e depois o mesmo foi conduzido para a delegacia onde foi cumprido o mandado, agora ele está custodiado na delegacia de Óbidos, para ser transferido para Santarém, e depois será recambiado para o Tocantins, por agentes da polícia daquele estado. Ele nega a participação, mas disse que já sabia desse mandando onde tudo leva a crer que ele já espera a ordem, ele morava em Oriximiná”.explicou o delegado.

O suspeito, que responde pela morte do oficial de Justiça Vanthieu Ribeiro da Silva, ocorrida no dia 25 de março de 2011, e por ocultação de cadáver, não ficou surpreso com o mandado, segundo o delegado.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp