19/07/2017 às 07h32min - Atualizada em 19/07/2017 às 07h32min

Trabalho constante em conjunto da Polícias Militar, Civil e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, resultou na operação Hipnus.

Por: Walmir Ferreira
Foto Portal Obidense

ÓBIDOS - A Operação “Hipnus” foi deflagrada na noite de sábado (15) em parceria pelas Polícias Militar, Civil e Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Óbidos com intuito de dar continuidade as ações de prevenção e combate à criminalidade.

A ação se deu em vários bairros da cidade e estiveram em quatro estabelecimentos de festas noturnas, nove bares e três prisões. O papel dos agentes da SEMMA municipal foi medir os decibéis das casas noturnas. Nenhum local recebeu notificação por desobedecer às normas.

Os bares fiscalizados estavam de acordo com a lei. Um caso de violência doméstica foi registrado na noite de sábado. Por volta de oito e meia da noite um homem foi denunciado pela companheira por tê-la agredido. Ao chegar ao local os policiais notaram que o homem estava com suspeitas de embriaguez.

Durante a operação uma mulher parou a viatura, desesperada acusando um homem de ter estuprado sua filha. A mulher deu a localização do suspeito e os policiais se deslocaram ao local mencionado. O suspeito foi encontrado em casa, as proximidades do laguinho Pauxis e foi conduzido à delegacia. Enquanto isso a jovem de 17 anos foi conduzida para exame de conjunção carnal. O laudo constatou que houve penetração com ejaculação interna.

Na oitiva, acusado e denunciante deram duas versões à polícia. A mãe da jovem afirma que a filha foi convidada para sair e teria sido dopada pelo suspeito para ser abusada sexualmente. Já na versão do denunciado houve uma contradição. Ele disse à polícia que teria convidado a jovem para sair, com o consentimento da mãe, assim como a relação sexual consentida. A polícia investiga o caso, o homem não foi liberado.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp