29/06/2017 às 10h55min - Atualizada em 29/06/2017 às 10h55min

A primeira turma de policiais militares capacitados para atuarem no trânsito receberam certificados.

As ações iniciarão com orientação e educação, depois os agentes entram em ação com fiscalização, correção e multas. Os dados de acidentes na cidade são preocupantes.

Por: Marcio Garcia
Fotos: Marcio Garcia

ORIXIMINÁ – Em cerimonial realizado na quinta-feira (29) na cidade de Oriximiná, que fica no oeste do estado do Pará, 20 policiais militares que irão atuar na fiscalização do trânsito na cidade receberam diplomação.

Os agentes capacitados irão atuar na Fiscalização. Porém primeiramente será feito uma campanha educativa passando orientação para os condutores que estão irregular, tanto com a documentação de seu veículo quanto a sua carteira de habilitação. Essa ação será feita por funcionário administrados pela prefeitura.

Feito esse processo que deverá começar após reunião com o setor administrativo da prefeitura então os agentes formados e certificados, irão começar o processo de fiscalização, apreensão e multas para quem insistir andar em desacordo com a lei, para que o transito da cidade fique mais humano, cause menas morte e vítimas.

O preito Ludugero, participou da entrega dos certificados e falou com nosso reporte Marcio Garcia, disse que está esperançoso, com os novos agentes: “O investimento da prefeitura irá contribuir para presentear a população de Oriximiná, com uma cidade mais humana em relação ao transito, menos acidentes, menos morte e menos prejuízo para a pessoa e para a cidade, descongestionamento nos hospitais devido a vítima de acidente, entre outros. Temos acertos com o estado para iniciar os trabalhos se sinalização no transito, aguardando somente o processo licitatório e publicação no diário oficial, provavelmente no final do mês de julho já teremos essa confirmação e início dos trabalhos. Pedimos a sociedade que possamos estar juntos, será melhor para todos, os equipamentos de segurança precisam ser usados e são obrigatórios. O gestor também falou sobre investimento na ária da Saúde, irá a Brasília sobre uma verba de emenda de um deputado, mudança de fornecedor de medicamentos, novas UBS”.

As estatísticas no transito da cidade de Oriximiná chegam a ser alarmante somente em 2016, foram registrados, 1.297 pessoas acidentadas, sendo que cada pessoa em média custa para o município R$ 10 mil reais. Ou seja, somente em 2016 mais de 1 milhão foram gasto com acidentes no transito da cidade, valores que deixaram de ser aplicados em melhorias nos anseios básicos, como educação, segurança e a própria saúde. Em 2017, a coisa está mais grave ainda, de janeiro a abril já foram mais 800 pessoas acidentadas ou seja, se algo não for feito o prejuízo será maior, vidas serão ceifadas, pessoas mutiladas.

Um dos maiores problemas pode estar na própria população de condutores da cidade que em sua maioria não tem habilitação e veículos sem a segurança exigida, e que são contra que o transito seja normalizado ou seja não querem fazer investimentos em si mesmo, para poderem conduzir seus veículos sabendo no mínimo de quem é uma preferencial, que a maioria não sabem.

Em uma ação feita na cidade foi detectado um número absurdo, que dos 100% dos veículos abordados, foi descoberta a triste realidade que de cada 100 veículos, 90 estão com algum tipo de problema e somente 10 regular. E depois o perigo que dos 100 condutores somente 20 tinham habilitação. Então a preocupação da prefeitura é exatamente coibir esse tipo de situação então a própria população deverá apoia a ação dos agentes quando derem início aos trabalhos de humanizar o transito de Oriximiná, pois para se exercer qualquer profissão tem que ser dentro da lei e regulamentado.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp