05/05/2017 às 09h32min - Atualizada em 05/05/2017 às 09h32min

Polícia de Juruti cumpre mando de prisão em desfavor de Gleyce Sousa Santos por crime cometido em 2009

Da Redação
Inf. Policia de Juruti
Foto: Policia Juruti

JURUTI - Foi presa em Juruti, Gleyce Sousa Santos, suspeita de assassinar, Ana Geise Azevedo da Silva, 25 anos, natural de Óbidos.

O crime aconteceu em 2009, a prisão foi feita pelo delegado Dr. Jair Assunção e o Investigador de Polícia Civil Wison, com poio do PM Sargento Calederaro e do Guarda Civil Municipal Raimundo Edil.

O crime

Na época quando aconteceu o crime. O corpo de Geise, foi encontrado com características de crueldade e tortura, em volta de sua cabeça, foi encontrado saco plásticos, indicando asfixia, como provável causa da morte e ainda tendo as mãos amarradas por ataduras e colocadas para trás do corpo.

No dia 19 de junho de 2009, por volta das 19h30min. a vítima Ana Geise Azevedo da Silva foi até o hotel Planeta Veiga onde a denunciada Cristiane morava, para cobrar uma dívida de R$ 1.080 (hum mil e oitenta reais). Ao chegar no hotel a vítima encontrou as duas acusadas Cristiane e Glayce e, em meio à discussão da vítima com Cristiane, foram à luta corporal momento em que Glayce segurou a vítima. Na sequência Cristiane pegou um pau e bateu nas costas de Ana Geise. Glayce deu uma gravata até a vítima desmaiar.

Segundo informações da polícia, Cristiane e Glayce amarraram os punhos da vítima e envolveram a cabeça dela em um saco plástico branco, depois colocaram a vítima dentro de uma mala.

Consta ainda na denúncia do MP que após a morte de Ana Geise, as denunciadas que antes desses fatos já tinham ligado para uma pessoa conhecida por, Ênio, para saírem juntos, foram até o lanche Tribuse, nessa ocasião Cristiane perguntou se ele podia fazer uma mudança para ela, Ênio não aceitou.

Mesmo assim, Ênio foi a pé até o hotel e ficou esperando pelas denunciadas. Foi quando Cristiane convidou Ênio para irem até a invasão buscar a chave da quitinete de Cristiane na casa de uma garota que tinha feito a limpeza no local.

Nesse momento, carregaram a mala onde estava o corpo da vítima, e puseram sobre as pernas de Cristiane na garupa da moto.

Ênio a levou até a estrada da ponte sempre, desconfiado e questionando o que estava acontecendo. Já na estrada da Ponte, freou bruscamente e a mala caiu. Neste momento Cristiane confessou a Ênio o que tinha feito e tirou a vítima de dentro da mala.

Que após os fatos as denunciadas ficaram em posse da chave da casa da vítima e resolveram pegar os objetos que estavam na casa dela e para isso fretaram um táxi e levaram da casa da vítima para a quitinete de Cristiane: um criado mudo, um botijão de gás, roupas, sapatos, duas bolsas, CD´s, uma frasqueira preta, um estojo cor de rosa, joias, e uma cômoda.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp