11/04/2017 às 14h45min - Atualizada em 11/04/2017 às 14h45min

Um dos episódio mais triste da história de Jesus é representado a mais de 10 anos por alunos e ex-alunos da escola Adélia Figueira.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ORIXIMINÁ - As expressões artísticas voltadas aos últimos momentos de Cristo na terra são reproduzidas até os dias de hoje e muitos diretores buscam o máximo de fidelidade ao que a Bíblia nos conta.

Uma das mais tristes histórias sobre a vida e morte de Jesus Cristo é representada há 10 anos pelos alunos e ex-alunos da escola Adélia Figueira, na cidade de Oriximiná-Pará.

Tudo começou dez anos atrás, quando os alunos da escola Adélia Figueira, uma das mais tradicionais escolas municipais de Oriximiná, decidiram dramatizar a Via Sacra, os últimos momentos de Jesus Cristo em vida, antes de sua condenação e crucificação. História reproduzida em todo o mundo por vários artistas.

Felipe Martins é um remanescente daquela turma e há dez anos incentiva novos jovens a participar desta importante mensagem à humanidade.

Os alunos e ex-alunos dramatizarão nos dias 11 e 12 de abril. No dia 12 será o dia da Via Sacra que percorre o entorno da escola. São mais de 50 integrantes e dez pessoas como equipe de apoio. Sem tanto investimento por parte do Poder Público os jovens só realizaram este ano por conta do apoio dos professores e pais de alunos da Escola Adélia Figueira, que não mediram esforços para ajudar com o que fosse possível para que a tradição, mais um ano, fosse mantida.

Na reta final dos ensaios, cada um sabe de sua responsabilidade e crianças de 10, 11 e 12 anos aprendem desde cedo um pouco da vida e morte de Cristo, o maior dos homens para os Cristãos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp