05/04/2017 às 16h29min - Atualizada em 05/04/2017 às 16h29min

Colônia de Pescadores de Óbidos participa do Encontro Nacional da Pesca Profissional Artesanal.

O encontro aconteceu em Brasília, com representantes das colônia de todo o Brasil onde foi discutido, vários assuntos entre eles aposentadoria e melhoria para a classe.

Por: Eury Silva
Foto: Colonia Z-19

ÓBIDOS - A colônia de pescadores artesanais de Óbidos (Z-19) participou, na manhã da terça-feira (28-03), do II Encontro Nacional da Pesca Profissional Artesanal, realizada pela Confederação Nacional dos Pescadores e Aquicultores (CNPA), em Brasília. O evento contou com a presença de pescadores de todo o país e teve como pauta as mudanças de regras de concessão do seguro-defeso e a Reforma da Previdência.

De acordo com a proposta da Reforma da Previdência, os pescadores, assim como os agricultores, terão que trabalhar até 10 anos a mais para receber a aposentadoria integral. “Estamos em negociação com a comissão que analisa a Reforma da Previdência para não mexer nas regras da aposentadoria dos pescadores. O assunto é de grande importância e será tratado com prioridade”, adiantou o líder Cleber Verde, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Pesca no Congresso Nacional.

Decreto

Outro tema abordado no evento foi o Decreto n.º 8.967/17 assinado em janeiro deste ano pelo Governo Federal, que cancela o pagamento do seguro-defeso nas regiões onde houver a pesca alternativa. A medida prejudica mais de 600 mil brasileiros.

Só no Amazonas mais de 90 mil pescadores correm o risco de ficar sem o benefício, que movimenta anualmente R$ 330 milhões na economia dos municípios.

Emerson Canto, presidente da colônia dos pescadores de Óbidos, ressaltou a importância desse encontro para classe e   destacou a importância da atividade pesqueira na região: “No nosso município vai muito além da economia. Lá, é parte da nossa cultura regional!. Para nós que estamos à frente da colônia, é importante que o trabalho de todos os pescadores e pescadoras seja valorizado”.

Senador Randolfe destacou que a região amazônica tem a maior diversidade de espécies pesqueiras e os maiores bancos camaroeiros do planeta. E criticou a falta de investimento do Governo Federal nas atividades: “É lamentável que em nosso país o governo não dar a atenção devida à pesca, e ainda extinguir pastas que cuidam da prática! ”.

Ele lembrou ainda, que a nefasta reforma da previdência e a proposta da terceirização aprovada na Câmara dos Deputados, prejudicará muito os trabalhadores: “Querem ofender direitos que o povo brasileiro trabalhador conquistou nos últimos anos! Com regras para aposentadoria integral aos 49 anos de trabalho e 65 de idade, equiparação de homens e mulheres, desvinculação do benefício de prestação continuada do salário mínimo é praticamente o fim da aposentadoria rural!”


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp