27/03/2017 às 14h27min - Atualizada em 27/03/2017 às 14h27min

Chegou o resultado dos exames feitos nos macacos encontrados na comunidade Salgado 2 em Oriximiná.

Em matéria publicado no Portal no dia 01 de março, sobre 3 macacos da espécie Guariba com suspeita de febre amarela, saio hoje o resultado.

Por: Marcio Garcia
Fotos: Marcio Garcia

ORIXIMINÁ – Chegou no município de Oriximiná, na manhã desta segunda-feira (27) o diretor de endemias do estado do Pará, Dr. Bernardo Cardoso. Com ele o resultado dos exames realizados nos primatas encontrados em uma localidade conhecida como Salgado 2 que estavam com suspeita de ter contraído o vírus da Febre Amarela.

Leia também [Macacos encontrados mortos]

Leia também [Ação da secretária de Saúde de Oriximiná]

Agora veio a confirmação do resultado positivo. O prefeito Ludugero não perdeu tempo e convocou a impressa para uma entrevista coletiva junto com suas secretarias com destaque para a pasta da Saúde. Informando que todas as medidas foram tomadas antes mesmo de qualquer resultado.

“Gostaria de Agradecer ao Dr. Bernardo Cardoso que atendeu o nosso pedido, e veio até Oriximiná, em reunião com nossos profissionais

explicou todos os procedimentos e como devemos agir, nossa equipe na verdade já está fazendo esse trabalho de prevenção e estamos controlando, orientando na prevenção com o vírus. Quero dizer a nossa população que não tem motivos para o pânico, pois a doença não está no perímetro urbano, pois sabemos que o próprio mosquito no máximo que pode atingir de voou é de penas 100 metros. Então atingiu apenas as comunidades, porém as providencias foram tomadas e todos já receberam a doze da vacina e estão sendo monitorada e isolada contra o vírus. Todas as secretárias estão de alerta, os agentes de saúde estão nas comunidades, não tem perigo na zona urbana, todo o apoio e estrutura estão sendo dado, pelo município e pelo estado, temos vacina para quem ainda não se vacinou. Então estamos tranquilos, não tem motivo para Pânico”.

Dr. Bernardo Cardoso aproveitou a imprensa para, falar em nome do governo do estado e dizer que todo o apoio será dado: “Quero aproveitar a presença de vocês aqui para deixar claro: Nós não temos Febre Amarela urbana no município de Oriximiná, temos um caso positivo de Febre Amarela silvestre em um macaco. O município já fez sua parte, muito bem feita, com a secretaria de saúde, fez o bloqueio vacinal, conforme orientado nas duas comunidades próxima onde o macaco foi encontrado. Hoje o momento é para guarnecer o interior, bloqueando e fazendo a assistência a todos os cidadãos, fazendo o trabalho lá a cidade ficará guarnecida, não teremos problema. Vacina não faltará em Oriximiná”.

Cardoso ainda alerta a todos quando procurar um posto de saúde dar as informações solicitadas, não podem tomar a vacina crianças de até 9 meses de idade, pessoas com algum tipo de doenças, mulheres gravidas entre outros.

Os médicos já estão orientados a dar prioridades as pessoas que por ventura cheguem com sintomas da doença, para não acontecer como aconteceu em Alenquer.

Sintomas

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp