02/02/2017 às 16h50min - Atualizada em 02/02/2017 às 16h50min

Secretária do meio ambiente de Óbidos efetuou apreensão de pescado no Mercado do Peixe e nas margens do Laguinho.

Todos os peixes apreendidos serão doados a instituições filantrópicas e religiosas assim como a famílias carentes através de fichas de atendimento.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - Na manhã desta quinta-feira (02) os agentes da secretaria municipal de Meio Ambiente (SEMMA) de Óbidos efetuaram a apreensão de dezenas de quilos de pescado no Mercado de Peixe da passagem, no Bairro Cidade Nova e às margens do “laguinho” Lago Pauxis.

Ao todo mais de 250 unidades de peixes das espécies Mapará e acari foram apreendidos nesta quinta-feira. Segundo um funcionário da secretaria, a denúncia chegou à SEMMA de Óbidos na manhã da quarta-feira (01), mas por conta de outras demandas os fiscais da secretaria só efetuaram a apreensão no dia seguinte.

Os peixes apreendidos foram encaminhados para vários bairros da cidade, obedecendo à recomendação de destino que envolve Igrejas, hospitais, Polícia Militar e associações como na área de expansão territorial de Óbidos conhecida como São José Operário, um anexo do bairro Perpétuo Socorro.

A coordenação da associação dos moradores reservou 30 fichas que foram distribuídas nas residências e com a apresentação das senhas cada morador tinha direito a uma quantidade de pescado.

“Se a gente não fizer dessa forma, dando as senhas, de forma organizada, irá se formar um aglomerado de pessoas até virar um tumulto.” Explica a coordenadora da associação dos moradores, Luzia Oliveira.

O PERÍODO DO DEFESO

O período do defeso de oito espécies de peixes na região começou no dia 15 de novembro de 2016 e até o dia 15 de março de 2017. A pesca está proibida para que as espécies possam se reproduzir. Entre as espécies protegidas estão: pacu, Jatuarana, Pirapitinga, Aracu, Fura Calça, Mapará, Curimatá e Branquinha.

O Acari e o Pirarucu entraram no defeso no dia 1º de dezembro. A proibição do acari vai até 31 de maio e a do pirarucu até o dia 30 março de 2017. No período do defeso, é proibido, além da pesca, a comercialização, transporte e beneficiamento. Nesse período, Semma e Ibama intensificam a fiscalização de olho em quem não respeita a legislação.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp