01/06/2024 às 08h24min - Atualizada em 01/06/2024 às 08h24min

Após novo ataque de Lula a Israel, Hamas volta a elogiar o petista

Representante do grupo terrorista disse que "todos os palestinos apreciam" posicionamento do presidente brasileiro

Da Redação
Pleno News

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Lula Foto: Ricardo Stuckert / PR

BRASIL - Como tem feito ao longo dos últimos meses, o grupo terrorista Hamas elogiou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por conta do posicionamento do petista contra o governo de Israel. A declaração foi feita por um representante do grupo em entrevista ao site Metrópoles publicada na sexta-feira (31).

– O presidente Lula já condenou publicamente os crimes de guerra de Israel. O seu governo ainda se alinhou a instituições internacionais, como a Corte Internacional de Justiça, que apela pelo fim do genocídio israelita em curso em Gaza. Todos os palestinos apreciam essa posição – disse Muslim Imran, porta-voz do grupo terrorista.

No último sábado (25), Lula voltou a atacar os israelitas ao dizer que o governo de Benjamin Netanyahu continuava “matando mulheres e crianças” na Faixa de Gaza. A fala em questão foi proferida durante a inauguração de obras viárias na Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo.

– Quero pedir a vocês uma solidariedade às mulheres e crianças que estão morrendo na Palestina por conta da irresponsabilidade do governo de Israel, que continua matando mulheres e crianças. A gente não pode se calar diante das aberrações – disse.

Já na última quarta (29), o governo do petista tomou mais uma decisão contra Israel ao ordenar a remoção do embaixador do Brasil em Tel Aviv, Frederico Meyer, que foi transferido para o cargo de representante especial na Conferência do Desarmamento em Genebra, na Suíça.

Em um outro episódio de elogio a Lula, o chefe de relações políticas e internacionais do Hamas, Basem Naim, gravou um vídeo no qual agradecia o petista pelas manifestações de apoio à causa dos palestinos. O discurso do militante do grupo terrorista foi transmitido no dia 4 de março durante a conferência nacional do Partido da Causa Operária (PCO).

– Estamos muito honrados por todas as declarações recentes dos funcionários do governo, particularmente as declarações do presidente Lula sobre seu compromisso e sua postura corajosa de apoiar a causa palestina e, especificamente, exigir um cessar-fogo para parar essa agressão contra nosso povo – afirmou.

A fala elogiosa do representante do Hamas foi feita cerca de duas semanas após Lula comparar a operação militar de Israel na Faixa de Gaza com o extermínio de judeus realizado por Adolf Hitler. A declaração do presidente brasileiro tinha acontecido no dia 18 de fevereiro, durante uma conversa do petista com jornalistas em Adis Abeba, na Etiópia.

– É importante lembrar que, em 2010, o Brasil foi o 1° país a reconhecer o Estado palestino. É preciso parar de ser pequeno quando a gente tem de ser grande. O que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus – disse Lula na ocasião.

 

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp