20/01/2017 às 19h20min - Atualizada em 20/01/2017 às 19h20min

Vitima tomou coragem e denuncia seu agressor que era seu próprio marido

Por: Márcio Garcia
Foto: Márcio Garcia

ORIXIMINÁ – Cansada de apanhar do seu companheiro, a vítima que não quis ter o nome revelado, finalmente tomou coragem e na delegacia onde foi atendida resolveu formalizar e fazer a denúncia.

A vítima que é natural da cidade de Santarém, vive maritalmente com Cleber da Conceição no bairro do São José Operário, que se prevalece da mesma não ter nenhum parente em Oriximiná e devido a isso por muito tempo vem sofrendo agressões por parte de seu companheiro, pois não tem com quem contar ou onde ficar.

Cleber da Conceição, que já tem ficha criminal na delegacia de polícia da cidade por uso de entorpecentes e lesão corporal. No começo da noite de quinta-feira (20) ao chegar em casa, após ter tomado bebidas alcoólicas, resolver mais uma vez bater na mulher que estava

com a única filha de 3 nos que tem com o agressor no colo.

Cleber começou batendo em sua esposa com murros e depois chutes, deixando-a cheia de hematomas. Depois não satisfeito resolveu agredi-la com uma tampa de panela de pressão deixando ferimentos em várias parte do corpo e sangrando. Devidos aos seus gritos de dor os vizinhos resolveram chamar a polícia que fez o atendimento de imediato.

Aos chegar na casa de Cleber o mesmo ainda estava bravo, batendo na mulher, ao ver a polícia, Cleber tentou fechar o portão e resistiu à prisão.

Ao chegar na delegacia a vítima resolve prestar queixa contra o companheira a acrescentando que ele já está acostumado a fazer isso e não respeita nem a própria filha de 3 anos, pois bate na mãe na frente da criança e com que estiver na mão.

Cleber ficou preso e será enquadrado na lei Maria da penha, onde a polícia irá fazer os procedimentos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp