18/01/2017 às 16h03min - Atualizada em 18/01/2017 às 16h03min

Garis cruzam os braços e problemas passados parece presentes. Lixo volta acumular em Óbidos.

Por: Rodrigo Farias
Foto: Rodrigo Farias

ÓBIDOS - Trabalhadores que atuam na coleta de lixo em Óbidos, cruzaram os braços desde a última segunda-feira (16) em protesto ao não pagamento dos salários de novembro e dezembro de 2016.

A paralização dos funcionários da limpeza pública, iniciou na segunda semana de outubro 2016 e a população sofreu com lixo por toda a cidade, sendo obrigados a fazerem vaquinhas para contratar carroceiros autonomeamos, para retirar o excesso de lixo acumulado próximo as suas residências.

No fim de dezembro o sindicato dos trabalhadores públicos, em reunião com nova gestão acordaram que retornariam as atividades no primeiro dia útil do ano o que aconteceu.

Com a proposta do município fazer os repasses salarias em atraso, até no décimo quinto dial útil de janeiro, o que não aconteceu. “Retornamos os trabalhos com a esperança de recebemos os nossos salários em atraso, o sindicato se reuniu com prefeito eleito, e nos garantiu que iriamos receber até o dia quinze deste mês, e até agora não recebemos, e não temos nem uma informação concreta de quando vai sai o pagamento, e quando foi segunda–feira o sindicato mandou paralisar os serviços, e estamos parados aguardando algum posicionamento”. Disse o gari Valdo Ramos.

Marcos Pinto, secretário de infraestrutura informou que o atraso dos pagamentos dos funcionários se deu a partir de trâmites de dados e atualização de senhas bancarias no banco do Brasil S/A, banco responsável pelo repasse da união.

 “A equipe da administração está trabalhando incansavelmente para que o repasse seja feito até nesta sexta –feira, e os servidores voltarem a exercer a suas funções.”


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp