15/01/2017 às 11h22min - Atualizada em 15/01/2017 às 11h22min

Prefeitura de Óbidos inicia a negociação com os servidores para pagar os salários atrasados

Governo comunicou que os recursos do fundo de repatriação, serão utilizados para quitar parte da dívida.

Por: Érique Figueirêdo
Ascom/PMO
Fotos: Odirlei Santos – Ascom/PMO

ÓBIDOS - A regularização dos salários atrasados dos meses de novembro e dezembro, foi a pauta do encontro do prefeito Chico Alfaia, do vice Isomar Barros e do assessor jurídico da Prefeitura de Óbidos, Marjean Monte, com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Óbidos (Stpmo). A primeira reunião oficial entre governo e sindicalistas ocorreu na manhã de sexta-feira (13), no gabinete do chefe do Executivo.

Desde o processo de transição, o prefeito Chico Alfaia vem dialogando com a categoria, para encontrar meios de quitar os dois meses de salários que não foram pagos pela administração passada.

A proposta inicial dos gestores municipais, foi manter os salários a partir de janeiro de 2017 em dia, e parcelar os atrasados.

Os servidores, por sua vez, solicitaram que os recursos oriundos do fundo de repatriação, sejam destinados para quitar integralmente os

dois meses de salários atrasados dos funcionários da administração direta. “Nosso entendimento nesse momento é que a prefeitura faça o pagamento do funcionalismo ligado a administração direta, de forma integral. Quanto aos servidores da educação a realidade é outra. Temos uma probabilidade de recursos para a área da educação que irá possibilitar o pagamento integral. Por tanto, não vemos ainda a possibilidade de parcelamento do pagamento dos salários”, disse Derinaldo Biá, presidente do Stpmo. 

Com a escassez de verbas, e o bloqueio dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (Fpm), por conta da dívida com o INSS - a exemplo do que ocorreu no último dia 10 de janeiro, a equipe econômica da prefeitura, irá analisar a proposta da categoria, para determinar se os recursos existentes, serão suficientes para atender as reivindicações. “A nossa

contrapropostas é que verifiquemos os extratos das nossas contas. Ver se nós temos fundo suficiente para isso. Se tivermos, não tenham dúvidas que nós honraremos. Se não, proporemos uma nova negociação, buscando sempre o bem estar dos funcionários públicos, procurando sempre atender as reivindicações do sindicato”, garantiu Chico Alfaia.

O planejamento do governo municipal, é utilizar os recursos disponíveis para regularizar os salários do mês de novembro e janeiro. “Nós ainda dependemos da liberação das contas da prefeitura para que possamos fazer a movimentação. Tão logo isso aconteça, nossa intenção é pegar os recursos disponíveis e pagar os salários de novembro de quem precisa receber, e possivelmente de janeiro. A folha do mês dezembro nós tentaremos negociar”, finalizou Alfaia.

Nos próximos dias uma nova reunião deve ocorrer entre representantes do governo e os servidores, para dar prosseguimento dos acordos com os representantes dos funcionários do município.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp