03/01/2017 às 13h04min - Atualizada em 03/01/2017 às 13h04min

Tradição de 30 anos mantida, apesar das dificuldades. Casados & Solteiros mantem tradição na Cidade Nova, em Óbidos.

Por: José Augusto Garcez
Fotos: Augusto Garcez

ÓBIDOS - Ano Novo que chega, confraternização mundial, o espírito de solidariedade e um intenso desejo de dias melhores batem à nossa porta. Nesta ocasião, cabe a você discernir o quão forte és, e utilizar tal força a seu favor e do bem comum, concretizando os sonhos particulares e coletivos.

Uma tradição de 30 anos por pouco não entra na relação do “Já teve” em Óbidos, assim como aconteceu com a tradicional partida de futebol acontecida no bairro de Santa Terezinha entre torcedores de Flamengo e Vasco, que acontecia todos os anos no dia 24 de

dezembro. Este ano não aconteceu.

Por falta de espaço, pois o estádio não foi cedido pela administração, a partida correu o risco de não acontecer. Somente na quinta-feira, 29/12, resolvemos organizar a partida e manter a tradição. Fica aqui os agradecimentos ao Jozimar Cativo, que gentilmente cedeu o Campo do Vila Nova e o material esportivo e ao Jerciney Andrade e Pelezinho pela organização do evento.

A partida

Duas equipes foram formadas, já que poucos são os solteiros. Houve o cuidado de equilibrar a força física e técnica entre as equipes, mesclando juventude e experiência.

O equilíbrio durou durante toda a primeira etapa, com o resultado igual em 1 gol. Nonato marcou aos 18 minutos para a equipe “B”, jogando de verde, enquanto Robson empatou aos 30 minutos para a equipe “A”, que atuou com camisas vermelha. Na segunda etapa a equipe “A”, comandada por Pelezinho e Robson, dominou as ações mais não foi eficiente nas finalizações, errando muitos gols. Na defesa a maior parte da etapa final da partida, a equipe ”B”, comandada por Duruti e Max, conseguiu equilibrar a partida após a saída de Robson no time “A” e a entrada de Rico no time “B”. Aproveitando uma saída errada do goleiro Jhony, Brasil acerta belo chute de esquerda aos 28 minutos, sem chances de defesa, fazendo o gol que deu a vitória ao time “B”.

O importante no encontro não foi a vitória de qualquer das equipes, mais sim os momentos de confraternização que vivemos juntos, já que a maioria dos que ali estavam, tem raros momentos juntos durante o ano, ou até mesmo anos.

A Confraternização

Diferente de anos anteriores, quando o churrasco, o caldo e a cerveja era servido no Poço Renascer, este ano foi em um ambiente também conhecido em Óbidos, o Canto dos Artistas. Afinal, os artistas que passam o ano trabalhando para a realização de sonhos, desejos e conquistas, merecem um dia e local para aquele bate papo descontraído, afinal não podemos desperdiçar momentos raros de encontro com amigos das antigas e atuais. Agora é agradecer a Deus pelas conquistas e pedir força para novas realizações.

Muita música rolou durante toda a tarde, artistas obidenses fizeram a alegria de quem participava na brincadeira, ou passava pelo local. Miltinho, Cad, Brasil, Vareja e Káko deram um show de viola e muita música boa.

Como todos os anos, Káko sorteou vários brindes entre os participantes. Boné, Camisas e Shorts foram sorteados e fizeram a alegria dos agraciados.

Ficha técnica

Equipe “A”:  Jhony, Zé Barbosa, Valdir (Edilson), Teleco, Marcos, Maranhão (Cará), Bené, Andrinho (Márcio), Pelezinho, Robson (Nenem), Leonam (Ariel).

Equipe “B”: Piradinha, Danica, Loló, Rangel, Luiz Otávio, Duruti, Baixinho (Max), Viola, Antônio (Rico), Nonato, Eudisson (Brasil).

Gols:  Nonato e Brasil (Time “B”), Robson (Time “A”).

Local Partida: Campo do Vila Nova

Local Confraternização: Canto dos Artistas

Árbitro: Daniel Piranha


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp