21/12/2016 às 09h10min - Atualizada em 21/12/2016 às 09h10min

Pinduca lança novo trabalho com arranjos renovados

Inf. DOL
Foto: Carlos Sodré/Ag. Pará

PARÁ - Pinduca, prestes a completar 80 anos, é assertivo: não quis ser apenas um mero reprodutor do carimbó de raiz. Quis incutir suas experiências com instrumentos elétricos que tinha acabado de conhecer, como guitarra, baixo e teclado, no ritmo paraense e experimentar a sonoridade que viria a surgir. Lá na década de 1960, ele achava estranho as pessoas de Belém não conhecerem o ritmo e pensou que podia mudar essa história. Passados 43 anos do lançamento de seu primeiro disco, “Carimbó e Sirimbó do Pinduca” (1973), ele comemora: “os conservadores me criticaram muito. Mas segui firme, levantei a cabeça e estou até hoje fazendo show com essa geração nova, tudo barbudo”.

“Quando tive a oportunidade de gravar, optei por gravar carimbó. Disse: ‘vou gravar carimbó’. Todo mundo se assustou. Naquela época predominavam as canções românticas de Nelson Gonçalves, Altemar Dutra, até o rei Roberto Carlos já estava fazendo sucesso. Mas não queria cantar esse tipo de música, carimbó pop, moderno. Achava que era um ritmo que estava muito esquecido, desconhecido, principalmente na parte urbana, aqui em Belém. Era mais lembrado em Irituia, Marapanim, o berço do carimbó. Queria fazer o meu carimbó. E olha o resultado qual foi”, ressalta o cantor, que ganhou o título de Rei do Carimbó. 

A longeva carreira já soma 36 álbuns. O mais recente, “No Embalo do Pinduca”, lançado com o selo Natura Musical, traz uma releitura de seus maiores sucessos. O cantor e compositor diz que preferiu deixar a cargo dos produtores Marcel Arêde e Manoel Cordeiro a escolha das 13 faixas dentre as mais de 200 composições que já realizou.

“Caiu muito no gosto das pessoas, com o rearranjo, como eu digo, foi muito aprovado. A escolha das músicas foi uma coisa que fiz questão de não participar. Sou compositor e qualquer uma eu gosto, acho bonito, e não ia dar certo, não quis, deixei a critério deles”, explica. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp