22/11/2016 às 09h15min - Atualizada em 22/11/2016 às 09h15min

Mais um final de semana de abordagens feito pela 29° CIPM Polícia de Fronteira de Óbidos.

Os números chamam atenção. Foram 226 pessoas revistadas. 20 motocicletas interceptadas. 10 automóveis abordados e 08 bares fiscalizados.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - O objetivo da fiscalização da polícia Militar é prevenir a sociedade de crimes mais comuns, como roubos e furtos, e identificação de armas brancas, facas, estoques e punhais, como também armas de fogo. A intenção é retirar de circulação materiais que colocam em risco a integridade do cidadão assim como a detecção de drogas.

“Nós queremos informar que não vamos parar as abordagens na cidade. Isso mostra a diminuição dos crimes em Óbidos e não perseguimos ninguém. Nosso trabalho é imparcial. ” Disse o Sgt. Rocha, policial Militar respondendo à postagens em redes sociais de uma pessoa que foi abordada e revistada na madrugada obidense que comparavam a polícia à bandidos.

No sábado, por volta de 05 da manhã a polícia Militar se dirigiu ao BEC para fiscalizar uma denúncia de extração ilegal de madeira, mas nada foi identificado.

O caso mais grave foi o esfaqueamento de um homem.

Por volta de meia noite a polícia Militar foi acionada por uma denúncia anônima, um homem estaria jogado ao chão próximo a um ramal que fica localizado às proximidades do aeroporto de Óbidos

“Assim que recebemos a informação nos deslocamos ao local indicado, conhecido como ‘Ramal do Refúgio’ e lá estava o homem caído ao chão com um corte enorme na região abdominal. Além de perfurar a vítima teve a barriga cortada pela lâmina do material usado. As tripas do homem estavam de fora”. Disse o Sgt. Rocha.

A vítima foi levada ao pronto socorro municipal e até o presente momento não foi divulgado a identidade e estado de saúde da pessoa.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp