21/10/2016 às 19h53min - Atualizada em 21/10/2016 às 19h53min

Polícia de Óbidos intensifica abordagem nas ruas e identifica aumento da perigosa droga Crack

As abordagem fazem parte da ação das policia Militar e Civil em parceria com as comunidades no combate e a inibição da criminalidade.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Policia de Óbidos

ÓBIDOS - Durante a semana a guarnição da polícia militar chefiada pelo Sgt. Rocha efetuou várias abordagens como de praxe nas ruas de Óbidos. Pessoas em atitudes suspeitas ou em posse de mochilas e bolsas são revistadas com objetivo de identificar armas e substâncias entorpecentes.

Na tarde da última quinta-feira (20), no Bairro Bela Vista a PM abordou um grupo de pessoas entre eles seis homens e uma mulher. Durante a revista apenas na bolsa da mulher identificada como Thais Karoline Santos Silva (20) foi localizado uma quantidade de

substância entorpecente, pedras de crack.

O crack é a conversão do cloridrato de cocaína para base livre através de sua mistura com bicarbonato de sódio e água. É a forma de cocaína mais viciante mais de todas as drogas. As pedras de crack oferecem uma curta, mas intensa euforia aos fumantes. O crack apareceu nos Estados Unidos primeiramente em bairros pobres do centro das cidades de New York, Los Angeles e Miami no final de 1984 e em 1985. No Brasil, o crack passou a ser conhecido nos anos de 1990.

A primeira apreensão da substância no município de São Paulo registrada nos arquivos da Divisão de Investigação sobre Entorpecentes (DISE) aconteceu em 1990. Algumas evidências apontam para o surgimento da substância em bairros da Zona Leste da cidade, para, depois, alcançar a região da Estação da Luz (que ficou conhecida como Cracolândia), no Centro da cidade.

Os efeitos iniciais do crack são mais rápidos e intensos que injeções de outras drogas. A duração dos efeitos do crack é muito curta, em média cinco minutos, enquanto a cocaína, depois de injetada ou usada por via intranasal, provoca efeitos com duração em torno de 20 a 45 minutos. Os efeitos causados pelo crack são:

-Euforia

-Agitação

-Sensação de prazer

-Irritabilidade

-Alterações da percepção e do pensamento

-Taquicardia e tremores

-Perda de apetite

-Extrema autoconfiança

-Insônia

-Estado de alerta

-Aumento de energia/disposição física

Grandes quantidades podem induzir tremores, vertigens, espasmos musculares, paranóia, ou com doses repetidas, uma reação tóxica muito parecida com intoxicação por anfetamina. O uso regular do crack pode provocar alucinações e causar comportamentos violentos, episódios paranoicos e, inclusive, impulsos suicidas.

A polícia Militar vê com preocupação a chegada dessa droga no município de Óbidos.

“Ficamos surpresos com o aparecimento dessa droga (o Crack) na cidade. Fomos felizes, mais uma vez, em nossas abordagens de rotina. Efetuamos a apreensão da droga e encaminhamos os envolvidos à delegacia para os procedimentos legais.” Relatou o Sgt. Rocha da Polícia Militar.

Durante a semana a PM intensificou as abordagens nas ruas da cidade com o objetivo de diminuir a criminalidade. A parceria com a comunidade continua funcionando é o que destaca a polícia militar.

“Vamos continuar nossas abordagens, com apoio e incentivo do nosso comando, Ten. Artur Vasconcelos, e está dando certo nossa parceria com a comunidade. Porque a qualquer atitude suspeita os moradores ligam para a guarnição da PM que está de serviço. Dessa forma formamos um elo de combate a criminalidade.” Ressaltou o Sgt. Rocha.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp