02/09/2017 às 15h13min - Atualizada em 02/09/2017 às 15h13min

Muitos já devem ter ouvido falar no teste do pezinho, mas, que teste é esse? Para quê serve? Qual é a sua importância?

Por: Sara Evellen
Fotos: Ilustração - Rede

ÓBIDOS - Bom, o teste do pezinho é um exame obrigatório feito no recém-nascido entre o 3° e 6° dia de vida, onde são coletadas algumas gotas de sangue do calcanhar do bebê colocadas em um papel de filtro e é enviado para análise clínica, geralmente é feito pelo hospital ou maternidade onde o bebê nasceu e é totalmente gratuito.

Esse teste é feito, pois algumas crianças nascem com doenças graves, que clinicamente são muito difíceis de diagnosticar nas primeiras semanas de vida, e que futuramente pode provocar atraso mental, alterações neurológicas graves, alterações hepáticas ou até mesmo coma. Existem quatro tipos de teste:

No SUS

- O Teste do pezinho básico, que é feito pelo SUS, e detecta doenças como:

Hipotireoidismo congênito, onde a tireoide do bebê produz menos hormônios.

Fibrose cística, que é uma doença genética hereditária em que há o acumulo de secreções densas e pegajosas nos pulmões, tratos digestivos e em outras áreas do corpo.

Anemia falciforme, que é um problema genético que causa alteração na forma das células vermelhas do sangue, reduz a capacidade de transportar oxigênio para várias áreas do corpo, podendo provocar atraso no desenvolvimento dos órgãos.

A fenilcetonúria que é uma doença congênita do metabolismo, onde a criança não consegue digerir uma proteína, que em excesso no organismo causa envenenamento provocando retardo mental.

 

- Teste do pezinho ampliado, que além de detectar as doenças acima, pode detectar também:

Hipoplasia adrenal congênita que uma desordem genética das glândulas adrenais.

Doenças dos aminoácidos que são distúrbios dos aminoácidos causados pelo mau funcionamento de uma enzima envolvida na transformação de um aminoácido ou na via catabolica deste aminoácido.

- Teste do pezinho Plus, detecta todas as doenças acima e outras como:

Galactosemia uma doença que faz com que a criança não consiga digerir o açúcar presente no leite, e que pode levar a comprometer o sistema nervoso.

Deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase, deficiência que facilita o aparecimento de anemias.

- Teste do pezinho máster detecta todas as doenças acima citadas e a:

Toxoplasmose congênita que pode ser fatal ou levar a cegueira, a pele amarelada, convulsões ou retardo mental.

Sífilis congênita, uma grave doença que pode levar o comprometimento do sistema nervoso central.

AIDS, doença que compromete o sistema imune, e ainda não possui cura.

Rubéola congênita que provoca deformações como catarata, surdez, retardo mental e até má formação cardíaca.

Herpes congênita doença rara que pode causar lesões na pele, mucosas e olhos, afetando seriamente o sistema nervoso central.

Foi possível ver que o teste do pezinho é simples e rápido, e pode detectar várias doenças possibilitando o tratamento imediato do recém-nascido, melhorando assim a sua qualidade de vida.

Click AQUI e veja outras publicações de Sara Evellen

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
23.0%
10.2%
1.3%
0%
0%
15.1%
1.6%
0.7%
35.5%
1.3%
4.3%
3.3%
1.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp