22/08/2017 às 18h13min - Atualizada em 22/08/2017 às 18h13min

Secretário de educação de Oriximiná Jonaso Dias, fala sobre prejuízo nas escolas depois da chuva de granizo na cidade

Por: Márcio Garcia

Fotos: Márcio Garcia

ORIXIMINÁ – Depois do forte temporal que caiu na tarde do domingo (21) na cidade de Oriximiná, matéria publicada com exclusividade aqui no Portal Obidense, hoje (22) a prefeitura continuou fazendo as verificações para saber do real prejuízos e problemas acarretados pela chuva de granizo que derrubou, arvores, postes arrancou telados e causou prejuízo e estrago em toda cidade.

Entenda o caso, leia: Chuva de Granizo

O secretário de educação, não perdeu tempo e na na segunda mesmo após o temporal, saiu as ruas de Oriximiná preocupado com a situação de algumas escolas que foram atingidas e tiveram telhados arrancados e estruturas comprometidas, nesta terça-feira os trabalhos de levantamento do prejuízo e ações de reparo continuaram e mais uma vez, Dias, estava nas escolas acompanhando cada situação em loco.

Nosso correspondente Marcio Garcia falou com Jonaso Dias, secretário de educação para saber as medidas que serão tomadas. “A maioria das escolas foram realmente atingidas pelo temporal, felizmente não foram todas e agradecemos a Deus por isso. Os problemas maiores estão nas escolas Adélia Figueira e a escola Alamera Bitencourt, o prefeito reuniu com alguns secretários e solicitou a demanda dos estragos dentro de cada pasta, a educação ficou com a maior parte, já fizemos o relatório, já entregamos ao prefeito, para corremos atrás de recursos. A escola Adélia Figueira, que teve a cobertura da quadro abaixo e a estrutura comprometida, o engenheiro já foi lá e fará o orçamento para recuperação”.

Sobre a ação de levantamento e relatório, foi um pedido do prefeito Ludugero que acompanhou de perto a situação após a chuva, com o documento nas mão irá buscar recursos e fazer parceria para corrigir os problemas e minimizar os prejuízos na cidade.

Marcio Garcia aproveitou para perguntar ao secretário sobre as prioridades na educação em Oriximiná. “Recebemos a pasta da educação com bastante problemas do governo passado, e hoje com 7 meses de governo, estamos priorizando as escolas que ficaram com pendência da gestão anterior, como por exemplo a escola Iracema Divone e Adélia Figueira, foi feito estrutura para receber a climatização, mas não climatizaram ou seja, estamos focado em resolver esse problema. A escola Santa Maria Goreth, que estava quase para entrar em curto em relação estrutura elétrica, já resolvemos, do mesmo jeito a escola Amélia Ferrari, em relação a escola Aloiso Chaves que fizeram uma reforma, mas que nada foi feito, a escola estava caindo aos pedaços, tivemos que refazer todo o trabalho, temos várias escola ainda como prioridade este ano, Alamera Bitencourt e a Maria Queiroz”.

Apesar de toda essas demandas, as escolas em Oriximiná funcionaram normalmente nesta terça-feira, sem prejuízo aos alunos, somente na escola Adélia Figueira que não teve educação física.

Por ser feriado municipal em Oriximiná, nenhuma escola estava funcionando, se evitou problemas maiores, sem vítimas, somente danos matérias.

Na quarta-feira, nova reunião com engenheiro para dar início aos trabalhos de recuperação nas instituições com maiores problemas.

Link
Tags »
educação escola temporal oriximiná
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Findando o período letivo qual a matéria mais difícil de passar?

0%
20.0%
60.0%
0%
0%
20.0%
0%
Moeda Valor
Dólar 3.2226
Euro 3.8194
Peso Argentino 0.1854
Bitcoin 29001