16/04/2017 às 12h13min - Atualizada em 16/04/2017 às 12h13min

A maior expressão cultural do estado do Pará o ritmo e a dança do Carimbó tem apresentação marcada dia 22 em São Paulo.

A Iniciativa e divulgação é do artista santareno Silvan Galvão que receberá como convidados, Antônio Novaes e Clarimbó, os grupos Carimbó É o Bicho e Carimbolando.

Inf: Silvan Galvão
Por: Walmir Ferreira

Fotos: Arquivo Pessoal

SÃO PAULO – Um estado amado por seus filhos, que tem uma cultura que chama a atenção a nível mundial. A culinária está entre as mais saborosas do planeta e um povo que esbanja alegria e regionalismo que faz da sua bandeira a sua segunda pele.

É o Pará, estado da região Norte do Brasil, que tem filhos por todo o mundo, levando a cultura e costumes por onde quer que estejam. Assim acontece com o Santareno Silvan Galvão, mestre na arte da música regional paraense que dará mais um espetáculo com convidados na terra da garoa.

Sábado dia 22/04 o Centro Cultural Butantã será palco do grande encontro de Carimbó em São Paulo, neste dia o Mestre Silvan Galvão receberá Antônio Novaes e o Clarimbó, os grupos Carimbó é o Bicho e Carimbolando.

O encontro inicia as 16hs com comidinhas do Pará e região. As 17:00 hs inicia uma oficina de Carimbó com o mestre Silvan Galvão, com instrumentos e indumentárias típicas do Carimbó tradicional.


18:30 inicia o show coma a participação de todos os grupos no mesmo palco.

Silvan Galvão

Mestre pela região do Tapajós, Galvão (foto) vem fazendo um trabalho de Carimbó que se baseia na união de grupos e artista. 

O paraense de Santarém Silvan é percussionista, cantor, compositor e pesquisador, e seu trabalho explora a cultura popular da região amazônica. 

Como percussionista, Silvan acompanhou grandes artistas paraenses como o violonista Sebastião Tapajós (um dos maiores nomes da nossa música instrumental), Pinduca e Nilson Chaves, e participou como produtor musical de grandes festivais regionais como o Festival “Sairé Alter do Chão” e “Festribal” de Juruti. A partir de 2009 passou a investir numa carreira solo, como percussionista e compositor.

Antônio Novaes e o Clarimbó

O músico e compositor Antônio Novaes, nascido em Belém do Pará e radicado a São Paulo, funde a seu trabalho autoral o Clarimbó, um projeto nascido a partir do encontro de músicos paraenses, sergipanos e paulistas com o intuito de fazer uma Roda de Carimbó. Além do Carimbó, um dos estilos mais representativos da região Norte do Brasil, a pesquisa do grupo também abrange outros ritmos e estilos da região norte, o marabaixo, cúmbia, lambada, brega e xote bragantino e traz essa diversidade para o repertório que se propõe a criar uma atmosfera dançante. 

Carimbolando: 

O grupo surgiu no cenário paulista em 2013, para divulgar um dos ritmos mais contagiantes do Brasil: o Carimbó paraense. O grupo interpreta sucessos de Dona Onete, Pinduca, Mestre Lucindo e outros autores consagrados, transformando em festa o espaço onde se apresenta.

O grupo é formado atualmente por Caçula Brito e Déia Lee (voz e maracas), Afonsinho Menino e Julio Nascimento (percussão), Vavá Couto (baixo e violão), Sergio Paulo (sax) e Jamison Almeida (banjo e voz).

Carimbó É O BICHO:

Grupo focado no público infantil, com repertório contagiante, divertido e interativo que fala sobre animais e costumes do Norte. Imagina assistir um show musical divertido, dançante e interativo voltado ao público infantil?

Estamos falando da apresentação “Carimbó é o Bicho!”. A proposta é promover a participação da meninada e seus pais, tios e avós, convidando todos a cantar e dançar com o grupo, através de um passeio musical por um dos ritmos mais contagiantes do Brasil, o Carimbó do Pará.

Link
Tags »
Carimbó cultura culinária santarém Pará Brasil São Paulo
Notícias Relacionadas »
Comentários »

No Qual Bloco Vc vai Sair no Carnapauxis?

6.8%
4.5%
27.0%
13.7%
10.8%
20.5%
16.7%
Moeda Valor
Dólar 3.1442
Euro 3.6863
Peso Argentino 0.1797
Bitcoin 9389.68766