13/04/2017 às 15h15min - Atualizada em 13/04/2017 às 15h15min

Após o Decreto de Situação de Emergência pelo Município de Óbidos uma nova fase se inicia.

Por: Walmir Ferreira

Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - A partir do dia 18 de março, quando fortes chuvas atingiram o município, a Defesa Civil local, juntamente com outros órgãos municipais iniciaram um mapeamento dos estragos causados pelas tempestades. E foram vários. Mais precisamente de 18 a 24 de março o município de Óbidos sofreu com intensas e fortes chuvas. O que culminou com o relatório emitido à Brasília.

Uma espera longe de praticamente 12 dias foi enfim finalizada com o anuncio oficial, após a homologação do Estado de Emergência em que o Município de Óbidos se encontrava.

De acordo com informações da Defesa Civil Municipal de Óbidos durante este período de fortes chuvas foram vistoriadas a zona urbana, área de várzea e terra firme.

No total a chuva deixou um rastro de destruição em todos os lados. Foram 12 pontes destruídas. Diversas vias públicas prejudicadas com as fortes enxurradas. Casas foram abaixo e dezenas ficaram em situação de risco de desabamento.

Neste momento a prefeitura de Óbidos poderá aplicar recursos Federais, sem interseção de licitações, para planos emergenciais.

"Com a confirmação de Brasília dando homologado o Decreto de Situação de Emergência o Prefeito tem autonomia para aplicar os Recursos Federais, que deverão ser encaminhados brevemente, nos casos emergenciais, sem a necessidade de se fazer licitação. É um processo urgente que requer cuidados e prioridades." Enfatiza o Coordenador da Defesa Civil no município, Ary Franco.

Além de Recursos Financeiros a ajuda Federal chegará em forma de cestas básicas, recursos para melhoramento das vias públicas, pavimentação das ruas, vicinais e estradas, recuperação de áreas que sofreram deslizamento ou em risco, reconstrução de pontes entre outros recursos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Findando o período letivo qual a matéria mais difícil de passar?

11.8%
11.8%
41.2%
5.9%
17.6%
5.9%
5.9%
Moeda Valor
Dólar 3.308
Euro 3.8889
Peso Argentino 0.1889
Bitcoin 63200