22/03/2017 às 17h27min - Atualizada em 22/03/2017 às 17h27min

Pescadores artesanais de Óbidos, encontram dificuldade para continuar o projeto de doações de peixes.

O projeto que foi sucesso em 2015, foi interrompido em 2016 e retomado em 2017, mas devido as situações que se encontram as ruas e vicinais de Óbidos a qualquer momento será interrompido.

Por: Walmir Ferreira

Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - O projeto de doação de pescado, promovido pela Associação de Pescadores Artesanais do município de Óbidos e Pastoral da Criança que iniciou nesta quarta-feira (22) pode nem durar muitos dias e o motivo tem a ver com as condições das vias públicas da cidade. Muitos trechos estão praticamente, intrafegáveis, colocando em risco o projeto.

O rio está farto em pescado. Com o fim do período do defeso, muitas espécies que estavam proibidas de pescar, comercializar e transportar, agora estão liberadas. A Associação dos Pescadores Artesanais do Município de Óbidos, em parceria com a Pastoral da Criança desenvolve há três anos o projeto de doação de pescado na cidade e zona rural. Centenas de famílias são diretamente beneficiadas e o projeto pode ser interrompido por falta de boas condições das ruas de Óbidos, problema antigo que interfere no presente do obidense.

O projeto conseguiu no ano de 2015 arrecadar mais de 180 toneladas de pescado. Alcançou níveis surpreendentes e só foi interrompido em abril de 2016. Foram mais de 180 mil quilos de peixes distribuídos às famílias de comunidades urbanas e rurais de Óbidos.

O projeto não foi aprovado em 2016 e em 2017 retorna, mas não com as mesmas perspectivas de dois anos atrás. As intensas chuvas provocam um efeito oposto com relação à pesca. E o número de pescado será inferior ao de 2015.

Segundo a Associação de Pescadores Artesanais do município de Óbidos, o projeto para 2017 está em torno de 162 mil quilos de peixes. Se comparado ao ano de 2015 bem menor, mas ainda com números expressivos para a região.

"Este ano, vamos diminuir a quantidade de doações de pescado para não influenciar na renda do município, pois tivemos uma crise e o atraso no seguro defeso do pescador, situações que nos fizeram diminuir a quantidade de peixes doados." Informou Osvaldo "Pingo", Presidente da Associação dos Pescadores Artesanais do Município de Óbidos.

O maior problema não é com a diminuição do pescado a ser doado às famílias da zona urbana e rural de Óbidos, mas sim por conta do estado de conservação das ruas da cidade. A programação segue até sexta-feira (24), mas pode nem retornar na segunda-feira (27).

"Enfrentamos muita dificuldade no bairro São Francisco, para fazer a doação dos peixes. As ruas estão intrafegáveis e caso não haja um trabalho de pavimentação nos locais mais danificados pela erosão não poderemos colocar nosso veículo nesses lugares, correremos o risco de danificar o caminhão ou um prejuízo maior, em relação a acidentes." Disse seu Osvaldo.

Link
Tags »
peixes ação doação pobres óbidos solidariedade doações ruas estruturas
Notícias Relacionadas »
Comentários »

No Qual Bloco Vc vai Sair no Carnapauxis?

6.7%
4.4%
27.7%
13.8%
10.4%
20.5%
16.6%
Moeda Valor
Dólar 3.169
Euro 3.7305
Peso Argentino 0.1829
Bitcoin 17150